Cerca de quinze pessoas esperavam pela abertura da única loja oficial da Apple no País, localizada em um shopping do Rio de Janeiro

Localizada no shopping VillageMall, no Rio de Janeiro, a única loja oficial da Apple na América Latina teve um movimento fraco no primeiro dia de vendas dos novos iPhones, modelos iPhone 6 e iPhone 6 Plus.

LEIA TAMBÉM:
Em São Paulo, lançamento do iPhone 6 também ocorre com poucas filas

Cerca de 10 minutos antes da abertura da loja, às 11h desta sexta-feira, pouco mais de 10 pessoas estavam na fila. Boa parte delas já havia feito a pré-reserva no site da Apple e estava na fila apenas para retirar o aparelho.

FOTOS: o lançamento do iPhone 6 em São Paulo e no Rio de Janeiro

Entre os primeiros da fila estava Luan Seixas, 29 anos, gerente de marketing. Ele já havia feito a pré-reserva do aparelho e estava na fila apenas para retirar. "Tenho o 5s e vou pegar o 6 plus pela tela maior. Eu digito muito, uso muito email, então a produtividade vai ser maior. Ele vai me atender melhor", diz.

Luan Seixas era um dos fãs da Apple na fila do lançamento dos novos iPhones
Nina Ramos/iG
Luan Seixas era um dos fãs da Apple na fila do lançamento dos novos iPhones

Seixas reconhece que o preço é alto, mas considera que o investimento é válido. "Aqui no Brasil é mais caro, mas vou pagar à vista e eles têm desconto de estudante também. Faço pós-graduação. Eu acho que vale, eu gosto muito do ecossistema da Apple. É fluido, intuitivo"

Outro fã da Apple na fila era Yago Abrão, 22 anos, assistente jurídico, que veio de Minas Gerais para o lançamento. "Vim de Uberaba, cheguei ontem no Rio e vou embora amanhã. Só vim para poder buscar mesmo o aparelho e voltar. Na minha cidade não tem, e até chegar vai demorar muito. Vou pegar o 6 Plus. Já tenho o 5s e quero pegar o maior para me adaptar", diz.

Também fã da Apple, o engenheiro agrônomo Leonel Aguiar, de 63 anos, reclamou dos preços. "Infelizmente, sou consumidor compulsivo da Apple (risos). É infelizmente porque toda troca é uma grana violenta. Mas paguei a vista e consegui 10% de desconto", diz.

VÍDEO: a abertura da loja da Apple no lançamento dos novos iPhones

O baixo movimento na loja da Apple pode ser explicado por algumas razões, além do preço alto dos aparelhos. O primeiro é que a loja fica em local com pouco acesso a transporte público e longe da área central do Rio de Janeiro. Além disso, algumas lojas de operadoras já haviam aberto à meia-noite, atraindo alguns fãs mais ansiosos. Além disso, com o sistema de pré-reserva, muitos fãs compraram pela internet e vão receber em casa seus iPhones. 

iPhone brasileiro é o mais caro do mundo

Como já ocorreu com modelos anteriores, os novos iPhones chegam ao Brasil com os preços mais caros do mundo. O modelo mais básico (iPhone 6 com 16 GB de memória) é vendido por R$ 3.200, o equivalente a US$ 1.280. Nos Estados Unidos o mesmo aparelho é vendido por US$ 650. Nos grandes países da Europa, o preço do aparelho fica em torno de US$ 900.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.