Modelos de 50 e 58 polegadas chegam às lojas antes do Natal

Novas TVs Ultra HD (4K) da Philips chegam por R$ 3.999, a de 50 polegadas, e por R$ 5.799, a de 58 polegadas, ambas com fabricação nacional na Zona Franca de Manaus
Divulgação
Novas TVs Ultra HD (4K) da Philips chegam por R$ 3.999, a de 50 polegadas, e por R$ 5.799, a de 58 polegadas, ambas com fabricação nacional na Zona Franca de Manaus

Nessa terça-feira (25), a Philips, marca do grupo TPV, deu início a fabricação das suas primeiras TVs com resolução 4K. Feitas em Manaus, no Amazonas, os aparelhos da Série 6900 Ultra HD chegam ao mercado nas versões de 50 e 58 polegadas, por R$ 3.999 e R$ 5.799, respectivamente.

LEIA TAMBÉM: Entenda a diferença entre as resoluções HD, Full HD, Ultra HD e 8K

Dentre os recursos dos novos televisores estão, além da tela LED de resolução 4K, o 3D ativo e a função Dual Gamming, que permite que cada um dos dois jogadores veja uma imagem própria com o máximo de resolução que a tela oferece, ou seja, 3840 x 2160 pixels.

Além disso, os aparelhos da Philips contam com a função de upscaling, tecnologia capaz de transformar a informação de um pixel de resolução Full HD em Ultra HD. Desta forma, o cliente que comprar uma TV 4K poderá ver conteúdos em HDTV (de transmissão) e em Full HD, como os da TV paga e de Blu-Ray, em uma qualidade próxima a do Ultra HD.

Com borda de apenas sete milímetros, as novas TVs da Série 6900 Ultra HD possuem quatro entradas HDMI e duas USB. Além disso, são Smart TVs, ou seja, contam com um sistema inteligente que conecta o aparelho à internet e que roda aplicativos como o Netflix, que já possui conteúdos em 4K. 

FOTOS: a TV de 105 polegadas e R$ 500 mil da Samsung

4K com força em 2015

Bastante propagandeada pela principais fabricantes de televisão em 2014, especialmente antes da Copa do Mundo, o 4K deve ganhar força em 2015 na opinião de Walter Sinohara, gerente de TVs da TPV. Maior fabricante mundial de painéis LED e LCD para TVs e monitores, a TPV já tinha capacidade de produzir TVs 4K, mas esperou a tecnologia se consolidar para lançar seus produtos. Por esse motivo, explica ele, as novas TVs não possuem a tecnologia Ambilight, marca registrada da Philips que proporciona uma sensação de maior amplitude da imagem. Em 2015, porém, aparelhos com 4K e Ambilight devem fazer parte do portfólio da marca.

Para o gerente de TVs, o aumento do conteúdo em 4K é deve fortalecer a tecnologia no Brasil. Além do Netflix, também o YouTube possui material com resolução Ultra HD para ser consumido via streaming, ou seja, online.

Em 2015, a compatibilidade dos dois principais consoles de videogames com o 4K, Xbox One Playstation 4, também deve impulsionar o desenvolvimento de novos conteúdos. De acordo a Cnet , um Blu-ray com capacidade para armazenar materiais em Ultra HD deve chegar até o final de 2015. O anúncio foi feito pela Blu-ray Disc Association durante a IFA 2014, em setembro, em Berlim, na Alemanha. Vale lembrar que já existem no mercado brasileiro alguns smartphones capazes de gravarem vídeos em 4K.

As primeiras TVs Ultra HD da Philips estão sendo fabricadas em Manaus para o Natal, mas novos modelos devem chegar em 2015, aquecendo ainda mais o mercado. Segundo Sinohara, a expectativa é de que no ano que vem as TVs 4K representem 6% das vendas totais da Philips no País.

*A jornalista viajou a Manaus a convite da TPV/Philips.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.