Vídeo de cantor sul-americano Psy foi reproduzido mais de 2,1 bilhões de vezes

BBC

Psy dança 'Gangnam Style'
Divulgação
Psy dança 'Gangnam Style'


O vídeo da canção Gangnam Style, do cantor sul-americano Psy, excedeu o limite possível de visualizações do YouTube, obrigando a companhia a atualizar o contador.

O YouTube informou que o vídeo, o mais visto da história da internet, foi reproduzido mais de 2.147.483.647 vezes, acima da marca registrada pelo site.

Agora, o gigante da tecnologia mudou o limite máximo de vezes que um vídeo pode ser visto para 9.223.372.036.854.775.808. Essa cifra gigantesca de 19 dígitos equivale a mais de 9 quintilhões de visualizações.

O videoclipe de Gangnam Style se tornou um fenômeno global após seu lançamento em 2012. O caráter surrealista do vídeo e o ritmo contagioso da canção foram apontados como as chaves de seu sucesso.

FOTOS: Veja 10 sugestões de presentes para fãs de tecnologia

Contador obsoleto

O contador do YouTube até agora utilizava um marcador de 32-bit, unidade que representa os dados na arquitetura computacional. Isso significa que o número máximo de visitas que poderiam ser registradas era de 2.147.483.647.

Na segunda-feira, o YouTube publicou um comunicado em que dizia: "Nunca pensamos que um vídeo poderia ser visto em números maiores do que os de 32-bit...mas isso foi antes de conhecermos Psy".

Google, que é dono do YouTube, afirmou ao site de tecnologia The Verge que seus engenheiros "viram que isso aconteceria há alguns meses e atualizaram nossos sistemas para nos prepararmos".

Agora o YouTube usa um dado inteiro de 64-bit para o contador de vídeo, o que significa que podem ser vistos até 9,22 quintilhões de vezes. O segundo vídeo mais visto do YouTube é Baby, de Justin Bieber, mas com 1 bilhão de visualizações a menos do que o Gangnam Style.

    Leia tudo sobre: youtube
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.