Relatório da Kaspersky mostra também avanço de ameaças para celulares

A Kaspersky divulgou nesta semana um balanço da área de segurança digital em 2014. Um dos pontos que chamam atenção no relatório é que o Brasil é o país mais afetado por vírus que roubam dados bancários. 

LEIA TAMBÉM:
Veja dicas para usar o site do banco com segurança

Segundo o estudo, cerca de 300 mil usuários de computador no Brasil foram afetados por vírus que roubam dados bancários. Com isso, o Brasil liderou o ranking dessa categoria, seguido por Rússia e Alemanha. 

O relatório da Kaspersky aponta ainda que o vírus ZeuS continua a ser o trojan bancário mais disseminado no mundo, seguindo pelo trojans brasileiros ChePro e Lohmys. A categoria de vírus de ameaças bancárias inclui também programas que roubam moedas virtuais Bitcoin e programas que usam o computador do usuário para criar bitcoins para os criminosos. 

Ameaças para celulares em alta

Outra tendência apontada pelo estudo foi o aumento das ameaças digitais para smartphones, particularmente no sistema Android. Os produtos da Kaspersky bloquearam 1,4 milhão de ataques em dispositivos Android, quatro vezes mais que no ano passado. Abaixo, outros dados sobre ameaças em dispositivos móveis.

- 295.500 novos programas móveis maliciosos, 2,8 vezes mais que em 2013

- 12.100 Trojans bancários móveis, 9 vezes mais que ano passado

- 53% dos ataques envolvendo Trojans móveis mirando o dinheiro dos usuários (SMS-Trojans, Trojans bancários)

- 19% dos usuários de Android (um em cinco) encontraram uma ameaça móvel pelo menos uma vez no ano.

O relatório completo (em inglês) está disponível no site Securelist.com .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.