Empresa alemã Max Sound alega que todos os produtos que usam o codificador de vídeo H.264 infringem suas patentes

Reuters

A companhia de tecnologia Max Sound disse ter entrado com um processo contra o Google e o YouTube na Alemanha no início deste mês, alegando infração em patentes de streaming de vídeo.

A Max Sound alega que todos os produtos que usam o formato de codificação para compressão de vídeo H.264 infringem sua patente.

As acusações da Max Sound incluem atuais versões do sistema operacional do Google, o Android, instalado em celulares e tablets. A reclamação também se dirige aos últimos produtos do Google no mercado, como o Nexus 5, Nexus 6, Nexus 9, computadores chromebook e aparelhos chromecast.

A companhia também alegou violação de patente no serviço de vídeo do YouTube, no qual um novo formato VP8 é usado junto com o H.264.

A Max Sound inventou o Max-D HD Audio, que melhora a qualidade do áudio sem aumentar o tamanho do arquivo.

O Google não estava imediatamente disponível para comentar.

    Leia tudo sobre: youtube
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.