Empresa sul-coreana mostrou também a segunda geração do seu smartphone curvo, o G Flex 2, e novidades na linha branca

Primeira das grandes empresas a realizar sua coletiva na CES 2015 , a LG anunciou uma nova série de TVs OLED com resolução 4K, também conhecida como Ultra HD. Ao todo, sete modelos com OLED serão lançados neste ano, alguns deles com telas curvas, flexíveis ou planas. Segundo Fernanda Summa, gerente de marketing da LG, alguns modelos devem chegar no Brasil até março.

Ainda de acordo com a executiva, todos as TVs da marca lançadas em 2015 serão Ultra HD e trarão a nova versão do sistema operacional, o webOS 2.0, porém, no Brasil, a empresa ainda deve trabalhar com um portfólio misto, isto é, com aparelhos que ainda não possem a nova plataforma e não são 4K.

INFOGRÁFICO:  Entenda a diferença entre as resoluções Full HD e 4K

O modelo que chamou mais atenção durante a apresentação foi o EG9900. O televisor OLED 4K tem 77 polegadas e a tela, além de curva, é flexível, podendo ficar plana, dependendo da vontade do usuário. Todas as novas TVs da LG virão equipadas com processadores de no mínimo quatro núcleos, o que garante mais rapidez, especialmente ao sistema operacional.



O OLED é considerado por especialistas o futuro das tecnologias de tela. Comparado ao LCD, ele é mais econômico, tem cores com contraste, um preto realmente preto, e permite a produção de telas mais finas. Sua fabricação, porém, é mais cara, o que restringe a tecnologia a modelos mais caros. A LG é a fabricante que mais aposta na tecnologia OLED como o futuro das TVs. Recentemente, a empresa reduziu em 75% o preço de suas TVs OLED no Brasil .

Ponto quântico completa linha de TVs

Além dos modelos OLED, a LG apresentou também suas TVs com tecnologia de ponto quântico, usada em aparelhos de entrada e intermediários. De acordo com o fabricante, a adoção do ponto quântico aumenta em 30% a quantidade de cores que a tela LCD/LED pode exibir. Segundo Fernanda Summa, gerente da LG, é importante que o consumidor entenda que o ponto quântico é uma melhoria, e não uma nova tecnologia como é o caso das telas OLED.

LEIA MAIS:  Menor que um vírus, ponto quântico é a evolução do LCD

webOS fica mais rápido

Outra novidade apresentada pela LG foi a segunda versão do webOS, seu sistema para TVs inteligentes. Lançado no ano passado, o WebOS foi bastante elogiado por ser um sistema fácil de usar e muito intuitivo, superando outras plataformas de Smart TV.

A segunda versão do sistema não traz grandes mudanças no visual. O avanço está principalmente na velocidade. Segundo a LG, a nova versão do webOS é 60% mais rápida para carregar apps e vídeos e tem uma função de incialização rápida.

TESTE:  webOS deixa concorrentes comendo poeira

4K em alta com ajuda de parceiros como Netflix

A quantidade de conteúdo disponível em resolução 4K ainda é pequena, mas os fabricantes continuarão a investir na tecnologia. A aposta é nos serviços de streaming como uma fonte de conteúdo. Convidada a partipar da coletiva da LG, a Netflix anunciou que estreará este ano um tipo de certificação para TVs, chamado Netflix Recommended TV. Na prática, haverá um selo da Netflix nas televisões que indica que elas estão perfeitamente aptas a reproduzir os vídeos do serviço. A empresa não divulgou detalhes sobre como esse programa de certificação vai funcionar.

LEIA TAMBÉM:  Vendas de TVs 4K aumentam 500% em um ano

G Flex 2 e novidades na linha branca

A LG também anunciou uma nova geração do seu smartphone curvo, o G Flex 2, e novidades na linha branca, como uma lavadora de roupa que possui uma mini lavadora na parte inferior do maquinário. Tais novidades, no entanto, não tem previsão de chegada no Brasil.

*A jornalista viajou a convite da Qualcomm.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.