Projeto garantirá energia com custo fixo pelos próximos 25 anos

A Apple investirá US$ 848 milhões (cerca de R$ 2,2 bilhões) na construção de uma grande usina de energia solar para abastecer seus data centers e escritórios na Califórnia. A informação foi dada por Tim Cook, CEO da empresa, em reunião com acionistas nesta terça-feira (10).

A usina será construída em parceria com a empresa First Solar, especializada em geração de energia elétrica a partir de raios solares. A instalação será construída em Monterey, na Califórnia e ocupará uma área de 5,2 quilômetros quadrados. As obras começarão em breve e a expectativa é que a usina esteja funcionando no fim de 2016. A usina abastecerá lojas da Apple e a nova sede da empresa, entre outras instalações.

FOTOS: veja imagens do projeto da nova sede da Apple


O acordo com a First Solar prevê que a Apple receberá energia a um custo fixo pelos próximos 25 anos. Esse ponto foi citado por Tim Cook ao explicar a medida para os acionistas. "Estamos fazendo isso porque é a coisa certa a fazer, mas também porque é bom financeiramente. Com as despesas fixas de energia, esperamos economizar dinheiro, já que há uma boa diferença entre nosso preço e o preço de energia convencional", afirmou. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.