Microsoft apresentou novos Lumias com Windows Phone 8.1

Como quase todas as grandes fabricantes, com exceção da Samsung, a Microsoft também optou por apresentar nesta Mobile World Congress  aparelhos intermediários. Tanto o Lumia 640 quanto o 640XL rodam Windows Phone 8.1, mas devem ser atualizados para Windows 10 assim que a nova versão for oficialmente lançada, no segundo semestre deste ano. De qualque forma, atualização só depois que o primeiro topo de linha com Windows 10 for anunciado. Entrentanto, em uma pequena parte do enorme estande da Microsoft na MWC, já era possível degustar um pouco do que a décima versão tem a nos oferecer.

A demostração feita por um promotor da Microsoft era curta, mas deu uma ideia do que os usuários do mais famoso sistema operacional para computadores podem esperar. À primeira vista, o Windows 10 parece mais um ajuste da versão anterior, o Windows 8, do que uma evolução da plataforma. Além disso, é possível perceber a inspiração no concorrente, no caso, o Mac OS. De qualquer forma, vale lembrar que o Windows 10 ainda está em desenvolvimento e que algumas coisas podem mudar. Fora isso, o Windows 10 foi criado para se adaptar aos dispositivos que os clientes estão usando, do Xbox aos computadores, telefones e tablets.

LEIA MAIS:  LG anuncia smartphones intermediários curvados na MWC 2015

A pedidos, o menu Iniciar está de volta, mas obviamente reformulado segundo o estilo Moderno, que lá no início se chamava Metro. Ao abrir o menu Iniciar, o usuário encontra, em forma de lista na esquerda, os locais de acesso de arquivos e os últimos programas acessados. Do lado direito está a parte customizável do menu, onde o usuário pode escolher quais aplicativos merecem estar no formato de um ladrilho, em destaque. Há também uma versão ampliada do Menu Iniciar, que divide os tijolos em categorias.

Também houve melhorias nos recursos multitarefas, que permitem ao usuário dividir a tela para rodar mais de uma aplicação ao mesmo tempo, não importando se ela está no modo Moderno ou no modo desktop. O Windows 10 também criar miniaturas dos programas abertos para que o usuário possa passar de um programa para o outro, algo similar ao que faz o MacOS já.

As notificações das redes sociais aparecem na esquerda, em um menu que desliza por cima do programa que está aberto. Nessa área também é possivel ver as buscas mais recentes e acessar rapidamente as configurações de rede, de tela e vários outros. Nesse menu, em especial, a mistura fica evidente. Os quadrados grandes dão o tom moderno do Windows 8, enquanto os ícones quadrados nos remetem ao Windows 7 e seus antecessores. Em termos de design, o sistema não parece ter evoluído, só ajustado para melhor acomodar os desejos dos clientes.

Por fim, vale mencionar que a Cortana é realmente uma assistente pessoal com grande potencial de desenvolvimento e que sua presença no Windows é uma aquisição e tanto para donos de aparelhos que não smartphones. Ela responde bem a comandos de voz mesmo de não nativos de inglês falando no idioma, como era meu caso. Infelizmente, ela ainda não fala português. A Cortana também desliza sobre os programas abertos para responder aos comandos de voz do usuário, mas do lado esquerdo da tela. No caso dos smartphones, onde surgiu, ela deve continuar sendo uma aplicação.

Microsoft lança Lumia 640 XL e Lumia 640
Emily Canto Nunes/iG São Paulo
Microsoft lança Lumia 640 XL e Lumia 640

Dois novos Lumias

De olho no segmento que mais cresce, especialmente em mercados emergentes como o Brasil, a Microsoft lançou dois novos intermediários: Lumia 640 e Lumia 640XL. Por fora, a principal distinção entre os dois aparelhos é o tamanho de tela. Enquanto o Lumia 640 tem tela HD de 5 polegadas, o Lumia 640 XL possui 5,7 polegadas, também HD. 

Por dentro, também os aparelhos se parecem pouco: ambos tem 1GB de memória interna e processador quad-core da Qualcomm de 1.2GHz. Por´m, já na bateria diferem em razão da tela: o Lumia 640 tem 2.500 mAh, o 640 XL apresenta bateria 3.000 mAh. A câmera é outro diferencial. A do 640 é de 8 megapixels enquanto a do XL é de 13 megapixels com lentes ZEISS, sendo ambas com flash LED. Compatíveis com a rede 3G e 4G, os aparelhos devem chegar com dual SIM em alguns mercados. 

O Lumia 640 XL estará disponível globalmente a partir de março nas cores azul, laranja e preta com acabamento mate e na cor branca fosca ou brilhante. Já o Lumia 640 estará à venda a partir de abril nas cores azul, laranja e branco brilhante bem como em preto fosco. Por enquanto, não informações sobre o Brasil, nem de data e nem de preço.

Além da previsão de atualização para o Windows 10 ainda nesse ano, um dos destaques dos aparelhos é a gratuidade de um ano do Office 365 Personal, que inclui as versões mais recentes dos programas Word, Excel, PowerPoint, Outlook e OneNote, tanto para o Lumia como para outros dispositivos como um PC ou Mac ou tablet. Além disso, o usuário ganha mais 1 TB de espaço de armazenamento em nuvem no OneDrive, e 60 minutes gratuitos de chamadas no Skype Unlimited Worldwide por mês.

Ao que parece, a Microsoft está mesmo apostando na força dos seus serviços para transformá-los em um diferencial importante na hora de comprar um novo equipamento, inclusive um celular.

*A jornalista viajou a Barcelona a convite da LG.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.