Nova versão do sistema operacional será lançado no verão norte-americano em 190 países e 111 Idiomas

Windows Hello é a solução de autenticação biométrica do Windows 10
Divulgação
Windows Hello é a solução de autenticação biométrica do Windows 10

O lançamento do Windows 10 está mesmo próximo. Segundo post publicado nesta semana por Terry Myerson no blog oficial da plataforma, o Windows está previsto para ser lançado no verão norte-americano, que se estende de junho a setembro no hemisfério norte, em 190 países e compatível com 111 idiomas. Como já dito anteriomente, o sistema será gratuito pelo primeiro ano para usuários de Windows 7, Windows 8, Windows 8.1 e Windows Phone 8.1. No mesmo texto Myerson também divulgou novas  e interessantes parcerias, algumas voltadas apenas para o mercado chinês, mas que chamaram a atenção. 

LEIA MAIS:  Microsoft confirma que está abandonando a marca Internet Explorer

Com a Lenovo, uma das principais fabricantes de PCs do mundo, a Microsoft anunciou que vai oferecer um serviço de atualização para o Windows 10 em 2.500 centros de serviços e lojas de varejo selecionadas da China, assim que a atualização do Windows 10 estiver disponível. A Lenovo também anunciou seu compromisso de construir smartphones que rodem Windows 10 em meados de 2015 junto com a China Mobile.

Com a Xiaomi, empresa que está expandindo para o Brasil, a Microsoft criou um programa diferente, o qual convida um grupo selecionado de usuários do Xiaomi Mi 4 para ajudar nos testes do Windows 10. Em breve, esses usuários terão a oportunidade de fazer o download e instalar o Windows 10 Technical Preview.

As outras parcerias anunciadas foram com a Qihu 360 e a Tencent e dizem respeito apenas ao mercado chinês. Ainda na China, a Microsoft deve, segundo informações do site Recode , oferecer atualizações gratuitas para o Windows 10 para todos os usuários do Windows, independentemente deles terem cópias genuínas de versões anteriores do software ou não. 

A medida é uma tentativa sem precedentes da Microsoft de ter versões oficiais nas máquinas dos centenas de milhões de usuários de Windows na China. Estudos recentes mostram que três quartos de todas as versões de Windows que rodam no País não está devidamente licenciado. Ainda não se sabe se essa medida será adotada em outros países com problemas de pirataria, como é o caso do Brasil.

Windows Hello e Internet das Coisas

Outra novidade é o Windows Hello, uma solução de autenticação biométrica que dará ao usuário acesso instantâneo ao seu disposito rodando Windows 10 usando a tecnologia de reconhecimento de face, de íris ou o leitor de impressão digital. Fazendo uso de elementos do próprio corpo, o usuário poderá desbloquear seus aparelhos, tornando assim o Windows 10 um sistema muito mais seguro do que já existem. 

Como, para funcionar, essa solução depende que alguns componentes de hardware estejam instalados nos equipamentos, a Microsoft já anunciou que está trabalhando com parceiros para que eles incorporem sensores e a câmera Intel RealSense F200 em seus produtos.

Tal sistema vai permitir que o usuário não só acesse seu PC, por exemplo, mas também que faça a autenticação de aplicativos, de conteúdo corporativo, e até mesmo de certas experiências online sem que uma senha precise ser armazenada no dispositivo ou num servidor da rede.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.