Produto, ainda conhecido como Projeto Spartan, faz parte do sistema operacional Windows 10 e deverá estar disponível em alguns países em meados deste ano

BBC

Spartan será parte do Windows 10, que substituirá a versão anterior, a 8
Divulgação
Spartan será parte do Windows 10, que substituirá a versão anterior, a 8

O Spartan foi "desenvolvido com o conceito de que o centro de tudo é a página que está sendo visitada na internet...,(e), por isso, nosso objetivo é evitar interferir visualmente na experiência de navegação. A ideia é apoiá-la", disse Joe Belfiore, da Microsoft, no blog oficial da empresa .

Não há uma data para o lançamento do Spartan, mas estima-se que ele deverá estar disponível em alguns países em meados deste ano.

LEIA MAIS:  Microsoft confirma que está abandonando a marca Internet Explorer

A Microsoft permitiu que alguns usuários testassem o Spartan antes de seu lançamento oficial e a BBC Mundo, o serviço em espanhol da BBC, lista cinco novidades do produto.

As anotações podem ser compartilhadas com facilidade por e-mail ou nas redes sociais
Divulgação
As anotações podem ser compartilhadas com facilidade por e-mail ou nas redes sociais

1. "Escrever" diretamente sobre a tela
Esta é uma das funções mais chamativas: trata-se de uma ferramenta que permite ao usuário fazer comentários em telas sensíveis ao toque diretamente no site da internet.

Inclui opções para alterar a cor da "tinta" para sublinhar, adicionar notas ao redor do que está sendo observado e uma ferramenta que permite "tirar fotos" e realizar capturas da tela de qualquer coisa sendo vista.

As anotações podem ser compartilhadas com facilidade através de e-mail ou das redes sociais.

2. Cortana: assistente personalizado
Esta ferramenta tem como objetivo ajudar o usuário em buscas na internet. Para tanto, combina dados do usuário, o que conhece da internet e um toque de adivinhação, já que prevê o que o usuário pode estar procurando.

A função não está presente de maneira permanente quando se está navegando - a informação adicional é fornecida apenas quando solicitada. É ativada quando o cursor está sobre uma palavra e o botão direito do mouse é pressionado.

O sistema, então, oferece informação relacionada como, por exemplo, ao endereço de um local, horário dos serviços e instruções de como se chegar.

Um dos objetivos deste assistente é prover dados concretos sem necessidade de ver todos os resultados de uma busca específica. 

3. Lista de leitura

Esta ferramente permite reunir tudo o que se vê na internet ou possa ser de interesse. Inclui a possibilidade de salvar qualquer site ou arquivos PDF.

Outro elemento é o chamado Reading View, que permite focar a atenção do usuário no que está sendo visto.

"Ele oferece uma leitura sem nenhum tipo de adorno, o que é ideal para um notebook ou tablet, porque pode-se concentrar no texto sem se distrair com elementos ao redor", disseram Tom Warren e Jacob Kastrenakes, da publicação especializada em tecnologia The Verge .

4. Rapidez
Talvez os usuários não saibam, mas há um aspecto técnico muito importante que marca uma diferença em relação ao tradicional navegador da Microsoft, o Internet Explorer.

Trata-se do motor de busca de rede, um programa que permite o processamento dos códigos dos sites da internet e que permite a visualização do produto final - imagens e textos visualmente harmoniosos - em vez de comandos incompreensíveis.

A promessa da Microsoft é a rapidez na navegação.

5. Apresentação e novo design
Warren e Kastrenakes também destacam a concepção minimalista na estética do novo navegador.

"A primeira coisa que chama atenção é o básico que se vê, é a interpretação da era moderna que a Microsoft faz. Os ícones modernos de Spartan estão numa barra de navegação lateral que se move. É a maneira correta de ativar suas funcionalidades", disseram.

Mas eles também apontam para um lado negativo - "que a navegação não está otimizada para dispositivos ao toque".


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.