Microsoft Edge é o nome oficial do Projeto Spartan, o novo navegador do Windows 10 que substitui o Internet Explorer

Microsoft divulgou o nome oficial do Projeto Spartan, o navegador do Windows 10: Microsoft Edge
Reprodução
Microsoft divulgou o nome oficial do Projeto Spartan, o navegador do Windows 10: Microsoft Edge

Nesta quarta-feira (29), teve início a conferência Build 2015, evento da Microsoft para desenvolvedores. Como é de praxe, o CEO da empresa, neste caso, Satya Nadella, aproveita o primeiro dia para fazer alguns anúncios que são de interesse também dos usuários finais. Acompanhado de vários executivos, como Joe Belfiore, vice-presidente da empresa e um dos responsáveis pela divisão Windows, e que anunciou o nome oficial do novo navegador: Microsoft Edge. 

LEIA MAIS:  Cortana, navegador e óculos holográfico: veja as novidades do Windows 10

Ao público, ele explicou que chamar o browser de Projeto Spartan estava causando muitos problemas para a equipe de comunicação da Microsoft e que já era hora de escolher e anunciar o nome definitivo. Em inglês, a palavra tem vários significados, como borda ou mesmo o ato de se deslocar. Segundo o The Verge , o nome não surpreende, uma vez que esse é o nome que a empresa estava dando para seu novo mecanismo de renderização, o EdgeHTML, utilizado neste navegador do Windows 10.

O Microsoft Edge foi desenvolvido para ser minimalista e bastante básico. O ex-Project Spartan tem algumas funcionalidades já vistas em concorrentes como Google Chrome e Firefox OS, mas mesmo assim representa um avanço. Entre alguns recursos está a capacidade de anotar com o teclado ou caneta diretamente na página da web e compartilhar com amigos. O projeto também tem um modo de visualização de leitura sem distrações, que exibe o artigo de forma simplificada, além da presença da Cortana para facilitar as buscas.

Além disso,  Belfiore anunciou que o Edge terá suporte a extensões que funcionam para Chrome e Firefox , provando a intenção de fazer do Windows 10 um sistema que conversa com todas as plataformas, inclusive as concorrentes. As extensões vão ficar na barra do navegador e a ideia é que o usuário encontre no Edge funcionalidades exclusivas ou que correspondam melhor as suas expectativas. Porém, não ficou claro como o usuário será capaz de conseguir essas extensões. 

IMAGENS: Veja algumas das novidades já anunciadas para o Windows 10:


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.