Aplicativo chinês My Idol é um verdadeiro sucesso no iOS. No Android, só é possível instalar direto, sem ajuda da Google Play

Depois do Dubsmash , a grande febre do momento no mundo dos aplicativos é o chinês My Idol, que por enquanto só possui versão oficial para iOS, o sistema operacional da Apple. Basicamente, o aplicativo permite que o usuário crie um avatar com o seu próprio rosto, escaneado a partir de uma foto tirada com a câmera do smartphone ou tablet ou de alguma imagem de arquivo. Feito isso, o rosto digitalizado é colocado em um corpo bastante menor (quase como o de um minicraque) e o usuário pode começar a brincar. 

LEIA MAIS:  Aplicativo pornô imita Dubsmash e infecta 500 mil usuários

É possível não apenas brincar com o avatar, mudando a sua roupa e colocando acessórios, mas também escolhendo novos cenários, fazendo selfies e até gifs e emojis. Por enquanto, o aplicativo está disponível apenas para iOS e em chinês . A empresa responsável pela bizarrice, a Huanshi Ltd, já disse que uma versão em inglês está sendo preparada, bem como uma para o sistema do Google. 

Para Android, por enquanto, existe apenas uma versão não homologada pela Google Play. Para instalar essa versão do aplicativo é preciso mudar as configurações de segurança do aparelho para então baixar o app não oficial . Para mudar as configurações do Android é preciso entrar Configurar>Segurança>Fontes Desconhecidas. Ou seja, o usuário tem que permitir a instalação de programas de fontes outras que não seja a Google Play, a loja de aplicativos do Google. Esse tipo de procedimento não é o mais aconselhável, mas se você não se aguenta de curiosidade, é por sua conta e risco. 


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.