Empresa apresenta protótipo de tela de TV dobrável

Por BBC |

compartilhe

Tamanho do texto

A transição de tecnologia LED para OLED acaba com a necessidade de painel traseiro para iluminar a tela; contudo, produto ainda não tem previsão de lançamento comercial

BBC

Se você trabalha no ramo de gabinetes para televisores, talvez não goste desta novidade. Para os demais, vale a pena conferir uma notável inovação em curso. A multinacional coreana LG vem trabalhando em uma tela de TV flexível por algum tempo, mas só agora, na CES (Consumer Electronic Show), a maior feira de eletrônicos dos EUA, apresentou o primeiro protótipo. A tela pode ser dobrada e amassada, e a visualização é em full HD.

Um protótipo de tela de TV dobrável foi apresentado na CES, maior feira de eletrônicos
Reprodução
Um protótipo de tela de TV dobrável foi apresentado na CES, maior feira de eletrônicos


O protótipo ao qual a BBC teve acesso tinha 45,7 cm de ponta a ponta, mas a LG diz planejar telas acima de 55 cm. Nessa dimensão, a empresa diz que conseguirá produzir uma qualidade de 4K, ou seja quatro vezes maior do que o HD.

Hoje, a resolução é de 1.200 por 810 pixels. E como a empresa desenvolveu o modelo? Naturalmente ela não revela detalhes, mas o salto tecnológico fundamental foi a mudança de TVs de LED para TVs de OLED.

A letra "O" significa "orgânico", e acaba com a necessidade de um painel traseiro para iluminar a tela. Daí a flexibilidade. 

Mas por que você precisaria de uma TV dobrável? A LG diz que é algo ideal para exposição como painel em uma loja, mas também para pessoas que não querem sacrificar todo um canto de um quarto para uma televisão. Com uma tela como essa, você pode dobrar a televisão e guardá-la no armário até a próxima utilização.

Tela pode ser dobrada como papel, qualidade da imagem permanece em alta resolução
Reprodução
Tela pode ser dobrada como papel, qualidade da imagem permanece em alta resolução


Pixels 'mortos'

A LG não informa quanto custará uma TV dobrável nem a perspectiva de lançamento. No momento as equipes estão totalmente envolvidas com o protótipo. "Esperamos ter um protótipo maior no futuro próximo. Mas ainda estamos planejando o cronograma para um produto comercial", disse KJ Kim, vice-presidente de marketing da LG Display.

Isso pode ser traduzido da seguinte maneira: ainda irá levar um tempo. Embora a tela seja notável, ela apresenta algumas falhas. As cenas exibidas no protótipo, com luzes brilhando à noite, foram planejadas para esconder os vários pixels "mortos" na tela.

Pixels "mortos" são aqueles danificados, que passam a aparecer apenas como pequenos quadrados vazios em vez de mostrar a cor certa. Havia vários pixels "mortos" na tela, e outros surgiram após algum tempo manuseando o modelo.

No protótipo apresentado agora, a tela só pode ser enrolada em uma direção, o que não é um grande problema, mas é algo que terá que ser resolvido antes da produção comercial. Outro ponto importante é que a tela pode ser enrolada, mas não pode ser dobrada de forma plana.

Isso significaria danificar o produto de forma permanente - deste modo, a tela ainda não representa algo que muitos esperavam, um videojornal interativo que poderia ser manuseado como o produto de papel. Mas estamos chegando lá.

Assista ao vídeo:

Empresa apresenta protótipo de tela de TV dobrável




Leia tudo sobre: BBCTVLEDOLED

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas