CES 2016: Linha K é série de intermediários da LG e chega em breve ao Brasil

Por Emily Canto Nunes - enviada a Las Vegas* |

compartilhe

Tamanho do texto

Anunciados sem alarde, aparelhos foram vistos pela primeira vez na maior feira de eletrônicos do mundo em Las Vegas, EUA

Se na CES 2015 o lançamento do G Flex 2 roubou a cena, neste ano, os smartphones da LG nem passaram perto do palco durante os anúncios da empresa na maior feira de eletrônicos do mundo, realizada em Las Vegas, nos Estados Unidos, na primeira semana de janeiro. A nova linha de aparelhos intermediários da sul-coreana que chega para substituir a L chama K e, por enquanto, tem apenas dois celulares: K7 e K10.

ces 2016, lg, smartphones, intermediários, k7, k10. Foto: Emily Canto Nunes/iGces 2016, lg, smartphones, intermediários, k7, k10. Foto: Emily Canto Nunes/iGces 2016, lg, smartphones, intermediários, k7, k10. Foto: Emily Canto Nunes/iGces 2016, lg, smartphones, intermediários, k7, k10. Foto: Emily Canto Nunes/iGces 2016, lg, smartphones, intermediários, k7, k10. Foto: Emily Canto Nunes/iGces 2016, lg, smartphones, intermediários, k7, k10. Foto: Emily Canto Nunes/iGces 2016, lg, smartphones, intermediários, k7, k10. Foto: Emily Canto Nunes/iGces 2016, lg, smartphones, intermediários, k7, k10. Foto: Emily Canto Nunes/iGces 2016, lg, smartphones, intermediários, k7, k10. Foto: Emily Canto Nunes/iGces 2016, lg, smartphones, intermediários, k7, k10. Foto: Emily Canto Nunes/iG

Como os números sugerem, o K7 é o modelo mais de entrada, enquanto o K10 é mais avançado. Por fora, porém, é praticamente o mesmo aparelho, ambos com os botões na traseira, que já virou marca registrada da LG. A traseira, porém, é um pouco diferente das versões anteriores, e imita um tecido. Além disso, os aparelhos possuem uma armação metalizada na lateral. Segundo comunicado da LG, a ideia é deixar esses aparelhos mais jovens. Já de acordo com a LG Brasil, os produtos chegam ainda no primeiro semestre ao País. As configurações, porém, não estão definidas.

O K7 tem tela de 5 polegadas, processador de 1.1 GHz na versão 4G e 1.3 GHz na 3G, a câmera frontal é de 5 megapixels, enquanto a traseira poderá ser de 5 megapixels ou de 8 megapixels. De memória RAM o aparelho terá versões de 1 GB ou 1.5 GB e opções com 8 GB ou 16 GB de espaço para armazenamento. Rodando Android 5.1 ainda, o K7 tem bateria de 2.125 mAh.

Já o K10 é um modelo mais interessante. Com tela de 5,3 polegadas e resolução HD, tem processador quad-core de 1.2GHz ou 1.3GHz ou, ainda, de 1.14 GHz octa-core na versão 4G, e processador de 1.3GHz quad-core na versão compatível com a rede 3G. O modelo 4G terá câmera traseira de 13 megapixels e frontal de 5 ou 8 megapixels, já o 3G tem as mesmas opções de câmera frontal, só muda a traseira, que é de 8 megapixels. As possibilidades de memória RAM também são melhores: versões com 2GB, 1.5GB e 1GB. Já o espaço para armazenamento vai variar entre 8 GB e 16 GB. A bateria é de 2.300mAh. Como seu irmão, o K10 também roda, inicialmente, Android 5.1. A LG não informou se os aparelhos serão atualizados para o Android Marshmallow, mas é mais provável que sim. 

*A jornalista viajou a convite da Samsung.

Leia tudo sobre: ces 2016lgsmartphonessérie kk7k10

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas