Usuários de Mac são vítimas de primeiro ataque em computadores da Apple

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Essa foi a primeira vez que um ransomware, uma das ameaças virtuais que mais cresce, foi capaz de infectar aparelhos Apple

Usuários de computadores da Apple foram alvos de hackers neste fim de semana segundo disseram pesquisadores da Palo Alto Networks à Reuters. De acordo com a empresa, essa é a primeira campanha digital contra Macintosh, criada a partir de um ransomware. Em linhas gerais, o "ransomware", uma das ameaças virtuais que mais crescem, sequestra arquivos das suas vítimas.

Após infectar os computadores, o programa criptografa arquivos e pede aos usuários que paguem uma quantia, normalmente em moedas digitais de difícil rastreamento como Bitcoins, para só então liberar uma chave eletrônica que vai devolver os arquivos sequestrados.

O diretor de inteligência de ameaças virtuais da Palo Alto, Ryan Olson, afirmou que o malware "KeRanger", que apareceu foi o primeiro "ransomware" ativo atacando computadores Mac da Apple também. Normalmente, esse tipo de crime tem como alvo usuários do sistema operacional Windows, da Microsoft. "É o primeiro que é definitivamente efetivo, criptografa os arquivos e pede uma quantia para resgate", disse Olson em entrevista à Reuters.

Um representante da Apple afirmou que a empresa tomou iniciativas neste fim de semana para prevenir os ataques, revogando um certificado digital de um desenvolvedor da Apple que permitia a instalação do software malicioso em Macs. O malware (programa malicioso) é programado para criptografar arquivos em um computador infectado três dias após a infecção original, de acordo com Olson.

Leia tudo sobre: ransomwaremalwarevírusapplemaccomputador

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas