Tamanho do texto

Usuários de 18 cidades poderão pedir pratos em restaurantes; entrega será feita por motoristas do Uber

Depois de revolucionar mercado de táxis, Uber lançou app para compartilhar corridas
Getty Images
Depois de revolucionar mercado de táxis, Uber lançou app para compartilhar corridas

O Uber criou um novo aplicativo para quem deseja receber refeições em casa. Além do transporte de passageiros, a empresa lançou o UberEats. A nova opção está disponível para 18 cidades. A mais recente delas é Londres, onde o app vai competir com rivais como Deliveroo e Just Eat, que têm anunciado fortemente na cidade nos últimos meses.

LEIA MAIS:  Rival do Uber, Cabify começa a operar na cidade de São Paulo

Os britânicos poderão baixar o aplicativo UberEats e pedir pratos em restaurantes, que serão entregues pelos motoristas do Uber . Segundo o aplicativo, clientes do centro de Londres poderão fazer pedidos para mais de 150 estabelecimentos entre 11h e 23h. De acordo com o Uber, os valores de cada refeição podem variar. O valor de entrega de almoços, por exemplo, custam entre US$ 8 e US$ 12.

Transporte aéreo

Enquanto o UberEats não chega ao Brasil, os usuários podem fazer chamadas de helicópteros  para noves pontos disponíveis. Além dos já existentes UberX e UberBlack, o app liberou o UberCopter para a Grande São Paulo, primeira região a receber o serviço.

Ao solicitar um helicóptero, o usuário é direcionado para uma página da Airbus onde deverá usar suas credenciais do Uber. Em seguida, o aplicativo solicita o número de passageiros. Cada aeronave comporta quatro passageiros e 500 kg, incluindo bagagens.

A cobrança é feita por assento utilizado. Segundo o Uber, o preço do voo de helicóptero será fixo. Um voo entre o Blue Tree, na Avenida Faria Lima, e o Aeroporto de Guarulhos, custa em média R$ 271 por assento e leva cerca de 12 minutos. Em fase de testes, o recurso ficará disponível durante um mês.