Para fazer lanches, robô usa câmeras, sensores e software de aprendizado automático; objetivo é levar dispositivo para todas as unidades em dois anos

Brasil Econômico

Um robô criado para fazer hambúrgueres fez sua estreia na cozinha de uma rede de fast food na Califórnia, nos Estados Unidos. Conhecido como Flippy, o dispositivo foi desenvolvido pela Miso Robotics em parceria com o grupo Cali, proprietário do restaurante. Além de fritar hambúrgueres, o robô também monitora a temperatura e avisa quando a carne está "quase pronta" para, em seguida, preparar salada, queijo, molhos e finalizar o lanche.

Leia também: 2017 marcará o início da era dos robôs?

Para realizar todo o processo, o Flippy utiliza câmeras fotográficas, sensores e um software de aprendizado automático que permite localizar ingredientes sem a necessidade de passar por reconfiguração. A montagem do lanche leva poucos minutos. Segundo o jornal britânico "Mirror", o robô está passando por um período de testes. A ideia é que ele seja instalado permanentemente no início de 2018 e chegue a mais de 50 unidades da rede até o fim de 2019.

Flippy deverá ser instalado permanentemente no início de 2018;  ideia é que robô chegue a todas as lojas em 2019
Reprodução/Twitter
Flippy deverá ser instalado permanentemente no início de 2018; ideia é que robô chegue a todas as lojas em 2019

Leia também: Foca robô promete ajudar idosos com demência no Reino Unido

Em nota, o CEO da Miso Robotics, David Zito, disse que o robô também pode ser usado para desenvolver outras funções na cozinha, como fritar bataras e cortar legumes. "Assim como os carros autônomos, nosso sistema continua aprendendo com suas experiências para melhorar com o tempo", explicou ao "Mirror". A rede afirmou ainda que a utilização do robô não resultará em corte de vagas, mas permitirá que parte dos funcionários passem para as áreas de atendimento aos clientes.

O site "TechCrunch", no entanto, afirma que a novidade pode afetar os cerca de 2,3 milhões de cozinheiros empregados apenas nos Estados Unidos. O CEO da Miso Robotics se mostrou ciente da complexidade cada vez maior dos robôs e da possibilidade da substituição de funcionários que realizam tarefas mais repetitivas.

Leia também: Parceria entre Facebook e PicPay permite fazer compras sem sair do feed

No entanto, ao ser perguntado sobre o potencial do Flippy, Zito lembrou que "degustar alimentos e criar receitas sempre será relacionado ao chefe de cozinha. E os restaurantes são locais onde vamos para interagir com outros. Humanos sempre terão um papel essencial na na questão da hospitalidade nos negócios dado o aspecto social da alimentação".