No dia 31 de maio, Goiânia e outros 28 municípios do estado terão o sinal analógico desligado; Confira também qual antena é apropriada para você

Brasil Econômico

A era do sinal analógico chegou ao fim. Na última quarta-feira (29) milhões de pessoas da Grande São Paulo viram de perto a migração para o sinal digital, que segundo o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, é de extrema importância, uma vez que permite o acesso à alta definição em um dos mais simbólicos meios de entretenimento do brasileiro.

Leia também: Ainda com dúvidas? Confira 20 respostas sobre o sinal digital

Há diferentes antes para a recepção do sinal digital, veja qual é a mais adequada para sua televisão
shutterstock
Há diferentes antes para a recepção do sinal digital, veja qual é a mais adequada para sua televisão

Com a mudança, ao ligar a TV ainda com sinal analógico em um canal aberto, uma mensagem informativa toma conta da tela e comunica que a exibição da programação continua normalmente pelo sinal digital . Se isso aconteceu com você, veja o que é necessário fazer para não ficar sem o sinal da TV aberta.

TV

Nesse quesito há duas opções. Ou seu televisor já possui um conversor embutido ou é necessária a instalação de um conversor. Caso haja dúvida se a sua TV está apta a receber o sinal digital ou não, consulte o menu ou o manual do aparelho. O selo DTV também é um indício de que o seu televisor está preparado para receber o sinal digital.

Antena

Caso a sua TV não tenha um conversor embutido, além de um [conversor] externo, também é necessária a instalação de uma antena. Esta é dividida em três categorias: externas, coletivas ou internas. As primeiras são mais indicadas para os telhados das casas, enquanto que as segundas são para prédios e condomínios. Já as internas ficam dentro do domicílio e devem ficar próximas às janelas. Em caso de dúvida, o ideal é consultar um vendedor ou especialista em antenas.

Kits gratuitos

Pessoas de baixa renda e participantes de programas sociais como o Bolsa Família têm direito ao kit gratuito distribuído pelo governo. O kit contém uma antena UHF e um conversor com controle remoto. Para saber se pode retirar o benefício e aonde, acesse o site Seja Digital  e informe o Número de Identificação Social (NIS) ou o CPF. No portal também é possível agendar o horário de retirada do kit.

TV por assinatura e parabólica

Assinantes de TV paga ou parabólica não precisam fazer adaptações no televisor para receber o novo sinal. Entretanto, como houve falta de acordo entre as operadoras de TV por assinatura e os canais SBT, Record e RedeTV!, essas emissoras não estão disponíveis nas regiões onde o analógico foi desligado.

Leia também: SBT, Record e RedeTV! deixam a programação das operadoras de TV por assinatura

Projeção

No dia 31 de maio Goiânia e mais 28 municípios do estado terão o sinal analógico desligado. No mês seguinte a transição deve ocorrer na região metropolitana de Salvador, Fortaleza, Belo Horizonte e Recife.

No mesmo mês, mais precisamente no dia 26 de maio,  é a vez das cidades de Sobral e Juazeiro do Norte - ambas do Ceará. Em setembro, a era digital chegará com força nas cidades do estado paulista de Campinas, Franca, Ribeirão Preto, Santos e municípios da região do Vale do Paraíba.

No mês seguinte é a vez das capitais: Rio de Janeiro e Vitória. A expectativa é que até o final de 2018, cerca de 1,3 mil cidades do País já tenham o sinal analógico substituído pelo sinal digital.

Leia também: Fim do sinal analógico faz cooperativa se preparar para descartes de TVs antigas

*Com informações da Agência Brasil

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.