No dia 31 de maio Goiânia e outros 28 municípios terão o sinal analógico desligado; atualmente 280 mil kits estão sendo distribuídos na região

Brasil Econômico

Nesta terça-feira (18) a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) divulgou que cerca de 95% dos domicílios da Grande São Paulo já têm sinal digital, de acordo com os dados da pesquisa do Ibope, apurados entre os dias 31 de março e 10 de abril.

Leia também: Sinal digital: veja o que fazer para sintonizar canais da TV aberta

Anatel: famílias que receberão kit receberão treinamento para instalação
shutterstock
Anatel: famílias que receberão kit receberão treinamento para instalação

A Anatel interpreta o resultado como um sucesso, que somente foi possível porque houve trabalho em conjunto com as emissoras de TV e as empresas de telecomunicações.

A pesquisa realizada após o desligamento do sinal digital contou com 1072 entrevistados da cidade de São Paulo e 1652 dos 38 municípios vizinhos. A nota ainda afirmou que “o percentual mínimo para atingir as condições de desligamento (artigo 4º da Portaria 378/2016) era de 90%, considerando uma margem de erro de três pontos percentuais”.

O que mudou

A substituição do sinal analógico pelo digital garante mais qualidade de imagem e som ao espectador, além de também permitir a entrada em operação do Serviço Móvel Pessoal da internet 4G, na faixa de 700MHz.

Vale ressaltar que os canais abertos que tiveram o sinal analógico desligado têm como dever apresentar em sua tela – por 30 dias – uma cartela informativa a respeito da mudança.

Em relação aos kits distribuídos gratuitamente pelo Estado às famílias cadastradas nos programas sociais, eles deverão ser entregues por até 45 dias após a transição de sinal na capital paulista, assim como foi na cidade de Brasília.

Leia também: Fim do sinal analógico faz cooperativa se preparar para descartes de TVs antigas

Relembrar

Em março de 2016 o município de Rio Verde (GO) foi o primeiro a ter o sinal analógico desligado. Posteriormente, Brasília e outras nove cidades foram impactados com a novidade.

O processo de digitalização total da TV aberta no País é coordenado pelo Grupo de Implantação do Processo de Distribuição e Digitalização de Canais de TV e RTV (Gired), e executado pela Entidade Administradora do Processo de Redistribuição e Digitalização de Canais de TV e RTV (EAD), que não possui fins lucrativos.

31 de maio

Para os moradores da cidade de Goiânia e outros 28 municípios localizados no estado de Goiás em maio haverá o desligamento do sinal analógico.

As cidades que passarão pela transição, além da capital do estado são: Abadia de Goiás, Abadiânia, Alexânia, Anápolis,  Aparecida de Goiânia, Aragoiânia, Bela Vista de Goiás, Bonfinópolis, Brazabrantes, Caldazinha, Campo Limpo de Goiás, Caturaí, Goianápolis, Goianira, Guapó, Hidrolândia, Inhumas, Itauçu, Leopoldo de Bulhões, Nerópolis, Nova Veneza, Ouro Verde de Goiás, Pirenópolis, Santa Bárbara de Goiás, Santo Antônio de Goiás, Senador Canedo, Terezópolis de Goiás e Trindade.

Atualmente cerca de 280 mil kits estão sendo distribuídos para as famílias cadastradas nos programas sociais do governo na região. A Anatel ressalta que além da antena, controle remoto e o conversor, os beneficiários também recebem treinamento para instalar adequadamente os equipamentos.

Leia também: Ainda com dúvidas? Confira 20 respostas sobre o sinal digital

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.