De acordo com engenheiro da empresa, objetivo do projeto é fazer com que o dispositivo ofereça acesso durante meses se a infraestrutura for danificada

Brasil Econômico

O Facebook está desenvolvendo um drone voltado para oferecer acesso à internet em situações de emergência. A empresa apresentou o projeto durante a F8, sua conferência para desenvolvedores realizada em San Jose, na Califórnia. Conhecido como "Tether-tenna", o equipamento é parecido com um helicóptero e promete criar, de forma instântanea, uma infraestrutura que ofereça acesso à internet em momentos de crise.

Leia também: Antes de eleição na França, Facebook cria medidas para impedir perfis falsos

"Quando concretizada, esta tecnologia será capaz de ser implantada imediatamente e operar por meses para trazer conectividade em caso de uma emergência", disse Yael Maguire, responsável pelo Laboratório de Conectividade do Facebook , em uma publicação no blog da empresa para desenvolvedores. De acordo com Maguire, o drone pode ser usado quando a infraestrutura de rede de um determinado local estão danificadas, mas alguns cabos de fibra ainda funcionam.

O CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, durante a F8, conferência da empresa voltada para os desenvolvedores
Reprodução/Twitter
O CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, durante a F8, conferência da empresa voltada para os desenvolvedores

Leia também: Com ícone de foguete, Facebook testa novo feed de notícias com assuntos em alta

Nessa situação, o "Tether-tenna" pode ser conectado a um cabo de fibra e outro de eletricidade e decolar por algumas centenas de metros para gerar o sinal de internet. Segundo o site "The Verge", ainda não está claro se a empresa irá construir uma frota de drones ou se irá trabalhar como companhias de telecomunicações que serão responsáveis por construir suas próprias frotas.

"Isso ainda está nas primeiras etapas de desenvolvimento e muito trabalho ainda é necessário para garantir que o drone estará disponível para ser operado de forma autônoma por meses, mas estamos animados sobre o progresso que tivermos até agora", disse Maguire. Ao site "Recode", Maguire afirmou que o drone utilizado pelo projeto tem o tamanho de um carro compacto, como um Fusca, por exemplo.

Desenvolvido pelo Facebook,
Reprodução/Facebook
Desenvolvido pelo Facebook, "Tether-tenna", tem o tamanho de um veículo compacto

Em sua apresentação durante a F8, o engenheiro afirmou que nos testes realizados até o momento, o dispositivo conseguiu operar por 24 horas ininterruptas. O objetivo é fazer com que o aparelho funcione por meses.

No momento, porém, há uma série de desafios que precisam ser resolvidos para melhorar o funcionamento do "Tether-tenna" e oferecer mais segurança, como incluir uma sinalização por meio de luzes e melhorar a estabilização em locais de ventos mais fortes.

Leia também: Homem é processado por difamação após curtir posts em grupos do Facebook

O dispositivo é apenas uma das estratégias do Facebook para oferecer acesso à internet sem interrupções em todas as partes do mundo. A conferência também serviu para discutir outras iniciativas, como o "Terragraph", que melhora o sinal em áreas densamente povoadas, e o "Aquila", uma experiência que busca entregar acesso por meio de drones que funcionam com base em energia solar.

    Leia tudo sobre: Facebook
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.