Plataforma tem nova seção para centralizar recursos ativados em momentos de crise; ideia é ajudar usuários a se informarem sobre o que está ocorrendo

Brasil Econômico

O Facebook apresentou uma atualização de suas ferramentas para momentos de crise após desastres naturais, por exemplo. Batizado de "Resposta a crise", o espaço deverá unificar recursos antigos como o Safety Check, que permite informar seus amigos e familiares que você está bem, e o Community Help, em que as pessoas podem buscar e oferecer ajuda.

Leia também: Facebook recebe multa milionária após desrespeitar privacidade dos usuários

Quando precisarem, as pessoas poderão acessar o centro de resposta a crise a partir de destaques exibidos na página inicial do Facebook ou a partir de um botão no menu do aplicativo em dispositivos móveis. Cada situação de emergência ganhará uma página que centralizará as informações. O Safety Check será exibido no alto destas páginas se você estiver em uma área afetada pelo incidente.

Área do Facebook de resposta a crise poderá ser acessada pelo feed de notícias ou pelo menu do aplicativo
Divulgação
Área do Facebook de resposta a crise poderá ser acessada pelo feed de notícias ou pelo menu do aplicativo

Leia também: Câmera dupla do Moto G5S Plus não é perfeita, mas oferece bons resultados

Logo abaixo, a seção exibirá opções do Community Help para ajudar pessoas nesta área a receberem ou contribuírem com comida, abrigo e transporte, por exemplo. A plataforma afirma ter desenvolvido nos últimos meses uma série de recursos de resposta a crises, de acordo com o retorno dos usuários.

"Quando há uma crise, as pessoas usam o Facebook para informar aos amigos e familiares que estão bem, para se informar e compartilhar mais sobre o que está acontecendo, e ainda para ajudar nos esforços de recuperação das comunidades afetadas", diz o comunicado. Pensando nisso, a rede social criou uma área de notícias relacionadas à crise em questão. A ideia é ajudar as pessoas a entenderem melhor o que está acontecendo na região por meio de links, vídeos e fotos de posts públicos.

Leia também: Twitter testa recurso para ajudar usuários que publicam sequências de mensagens

Como lembra o site "The Verge", apesar de apresentar erros em alguns momentos, como os falsos alertas registrados em dezembro do ano passado, na Tailândia, as ferramentas ativadas em situações de crise estão entre as que realmente impactam a vida das pessoas que estão conectadas ao Facebook. O recurso se tornou uma peça-chave para uma nova missão da rede social direcionada à comunidade de usuários.

    Leia tudo sobre: Facebook
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.