Disponível em pré-venda no Brasil, dispositivo tem tela de 7 polegadas, pesa 194 gramas e oferece funções de acessibilidade; aparelho sai por R$ 1.149

Brasil Econômico

A Amazon apresentou nesta quarta-feira (11) o lançamento de seu mais novo leitor digital . O Kindle Oasis, como foi batizado, possui mais proteção que os outros aparelhos da empresa. O dispositivo conta com certificação IPX8, que permite a imersão de até dois metros na água por até 60 minutos, pesa somente 194 gramas e tem visor de 7 polegadas. Já disponível para pré-venda no Brasi, o leitor sai por R$ 1.149.

Leia também: Conheça 10 mitos e verdades sobre o desempenho da bateria do seu celular

Assim como a maioria dos integrantes da linha, o Kindle Oasis tem resolução de 300 ppi em sua tela, que melhora a exibição do texto e lembra o visual do papel. Por conta do tamanho da tela, o aparelho consegue exibir 30% mais palavras por página, exigindo menos mudanças de páginas. A troca entre as páginas também ficou mais rápida e pode ser feita por botões físicos na lateral que se ajustam independentemente da mão que você usa para segurar o dispositivo.

Apresentado pela Amazon, novo Kindle Oasis tem tela de 7 polegadas, que exibe 30% mais palavras por página
Divulgação
Apresentado pela Amazon, novo Kindle Oasis tem tela de 7 polegadas, que exibe 30% mais palavras por página

Leia também: Assistente do Messenger baseada em inteligência artificial é liberada no Brasil

O leitor tem bateria que dura semanas e pode ser completamente carregado, de zero a 100%, em cerca de três horas, quando conectado a um computador, segundo dados da Amazon. O espaço de armazenamento aumentou e passou para 8 GB – o dobro em comparação à versão anterior –, que permite armazenar ainda mais ebooks no dispositivo. Além disso, o leitor digital conta com novas opções de personalização para você curtir seu livro da melhor forma.

Entre as mudanças, estão novos tamanhos de fonte e ajuste de intensidade do negrito. Assim, é possível escolher entre mais opções para tornar sua leitura mais amigável. Além disso, o aparelho permite alinhar o texto à esquerda e evitar o alinhamento justificado para todas as linhas. Com ajuda da tela Paperwhite, que não possui reflexo mesmo sob o sol, os livros podem ser personalizados para ficarem mais confortáveis aos seus olhos.

Leia também: Conheça o aplicativo que otimiza tempo de professores ao corrigir provas

Para o Kindle Oasis, a Amazon se preocupou com outras questões de acessibilidade, como a fonte OpenDyslexic, um recurso para inversão de branco e preto na tela, e uma opção de tela aumentada que permite ampliar o tamnho de itens na tela inicial e na biblioteca. O leitor oferece, ainda, sensores de luz que se ajustam de forma automática a tela ao seu ambiente, facilitando a leitura tanto em ambientes pouco iluminados, quanto em locais externos e com muito sol.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.