Tamanho do texto

Os computadores mais caros do mundo tinham suas configurações medianas, mas recursos estéticos impressionantes

Brasil Econômico

Com os avanços tecnológicos, produtos de alta perfomance ficam cada vez mais caros. Atualmente é possível achar notebooks com valores que ultrapassam 15 mil reais. Entretanto, esse preço elevado na maioria das vezes é justificável pelo desempenho elevado dos aparelhos, que suprem a necessidades de profissionais como designers, engenheiros e editores de vídeo.

Leia mais:  Conheça os 10 celulares mais vendidos da história

Mas os computadores mais caros já criados não ganharam preço elevado por causa de suas configurações, mas pelo luxo. Muitos deles contam com diamantes e quantias consideráveis de ouro no design. Confira quais são eles. 

#5 IBM 5100

Data de Lançamento: 1975
Preço:   19.975 dólares

O IBM 5100 foi um dos primeiros computadores pessoais a serem comercializados.
Reprodução/ Wikimedia
O IBM 5100 foi um dos primeiros computadores pessoais a serem comercializados.


O IBM 5100 foi um dos primeiros computadores pessoais já produzidos. Foi introduzido no mercado em dezembro de 1975 e contava com um monitor “de tubo”, uma memória capaz de ler documentos apenas (sem editá-los) e cerca de 64 kb de memória ram (inferior a quantidade de memória usada por uma foto hoje em dia).

Também era possível introduzir fitas no dispositivo, que tinha o formato de uma pequena maleta e pesava até 25 quilos. Apesar da funcionalidades extremamente limitadas, o preço do produto impressionava (ainda mais para a época). O valor era justificável pelo avanço tecnológico que ele representava.

#4 Ego for Bentley

Data de lançamento: 2008
Preço:  20.000 dólares

O Ego for Bentley foi resultado da parceria entre a empresa de artigos de luxo britânica Ego e a produtora de carros Bentley.
Reprodução/ Bentley
O Ego for Bentley foi resultado da parceria entre a empresa de artigos de luxo britânica Ego e a produtora de carros Bentley.


Em 2008 a empresa de produtos de luxo Ego Lifestyle fez uma parceria com a marca de carros britânica Bentley com o intuito de criar um laptop. Feito a mão, o computador possui entalhes em ouro branco, um logo da Bentley feito em diamante e o Microsoft Office 2007 incluído em seu sistema.

O preço é justificado apenas pela parte estética do produto, já que as suas configurações são simples. O Ego for Bentley contava com apenas 2GB de memória RAM, cerca de 160 GB de armazenamento bruto e uma placa de vídeo ATI Radeon Express 200M, cujo preço atualmente não chega a 100 dólares. Foram produzidas apenas 250 unidades do modelo.

Veja também:  Os melhores celulares do primeiro trimestre de 2017 segundo as vendas

#3 24k Gold MacBook Pro

Data de lançamento: 2013
Preço:  30.000 dólares

Sem ter suas configurações alteradas, a empresa Computer Choppers simplesmente banha produtos da Apple em ouro.
Reprodução/ Computers Choppers
Sem ter suas configurações alteradas, a empresa Computer Choppers simplesmente banha produtos da Apple em ouro.


Um MacBook Pro em si já é caro, conseguindo atingir preços de até oito mil reais. Entretanto, a empresa norte-americana Computer Choppers resolveu elevar esse preço. Eles cobriram um MacBook Pro com ouro 24 quilates e ainda fizeram o logo da Apple encrustado em diamantes. A companhia também faz outros produtos, como iPads e iPhones, repletos de metais preciosos. As configurações dos dispositivos não são alteradas.

#2 Otazu Ego Diamond

Data de lançamento: 2006
Preço:  350.000 dólares

O Otazu Ego Diamond tinha versões que iam desde os U$ 5,000 até os U$ 350,000.
Reprodução/ Cnet
O Otazu Ego Diamond tinha versões que iam desde os U$ 5,000 até os U$ 350,000.


O Bentley não é o computador mais caro já produzido pela Ego Lifestyle, esse título é reservado para o Otazu Ego Diamon. O computador conta com um total de 470 diamantes organizados em formato de tulipa, corações e o logo do Otazu. O computador conta com um processador AMD Turion, Bluetooth, Wi-Fi, e um leitor de DVD/CD - boas configurações para a época. Consumidores mais econômicos poderiam optar por outra versão, de “apenas” 5,000 dólares.


#1 Luvaglio One Million Dollar Laptop

Data de lançamento: 2007
Preço:   1 milhão de dólares

Especula-se que nenhuma unidade do
Reprodução/ Wikimedia
Especula-se que nenhuma unidade do "Notebook de 1 Milhão de Dólares" chegou a ser produzida de fato, de qualquer forma, ele é considerado um dos computadores mais caros da história.


A empresa de apetrechos de luxo inglesa Luvaglio, criada em 2005, resolveu ousar logo no ínicio de suas atividades. Sem um nome definido, sendo referido apenas como “One Million Dollar Laptop” (“O Notebook de um Milhões de Dólares”), o dispositivo conta com teclados entalhados em ouro, um símbolo de diamantes feito em seu exterior de couro e uma peça adicional - também de diamantes -, que serve como identificador do usuário e pode ser usada como anel.

Suas configurações são similares a um computador mediano da época, com 128GB de armazenamento, uma tela LED de 17 polegadas, entradas de USB e um leitor de Blu-ray.

Leia mais: Brasil tem dois computadores para cada três habitantes, diz estudo da FGV

A empresa foi amplamente criticada na época, sendo acusada de vender um produto simples por um dos preços mais caros do mercado. Nenhuma foto real do notebook foi apresentada, apenas montagens em computador feitas pela empresa, o que leva a acreditar até hoje que nenhuma unidade foi vendida.