Tamanho do texto

Recurso é um pedido antigo dos parceiros do aplicativo, mas pode acabar prejudicando os clientes de baixa renda ou que não têm cartão de crédito

Além da Uber, a 99 também já permite que o motorista escolha se vai aceitar ou não uma corrida de acordo com a forma de pagamento do usuário
Divulgação
Além da Uber, a 99 também já permite que o motorista escolha se vai aceitar ou não uma corrida de acordo com a forma de pagamento do usuário

A partir de agora, a Uber vai informar sobre o meio de pagamento escolhido pelos usuários aos motoristas antes mesmo que eles aceitem a corrida. O novo recurso é um pedido antigo dos parceiros do aplicativo, mas pode ter efeitos negativos para os clientes, que podem ter suas viagens rejeitadas dependendo do método com o qual escolheram pagá-las.

Leia também: Aplicativo de caronas, "Waze Carpool" é lançado oficialmente em todo o Brasil

A ferramenta não é exclusiva da Uber . Outros aplicativos de mobilidade, como a 99, por exemplo, já permitem que o motorista escolha se vai aceitar ou não uma corrida de acordo com a forma de pagamento do usuário - e já é muito difícil conseguir uma viagem por lá se o cartão de crédito não for a opção selecionada.

A segurança é o principal argumento dos motoristas para endossar a nova função, já que corridas com pagamento em dinheiro costumam ser classificadas como suspeitas de assalto. Até então, os parceiros do aplicativo não eram informados sobre o método do usuário antes do início da viagem.

O problema é o recurso pode prejudicar os clientes, especialmente os de baixa renda ou que não têm cartão de crédito . Como a rejeição de corridas com pagamentos em cartão de débito ou dinheiro deve aumentar, esses usuários teriam que voltar a comprar cartões pré-pagos para utilizar os serviços da Uber, também chamados de gift cards .

Leia também: Uber terá de indenizar cliente por perder voo após erro de trajeto de motorista

A empresa, porém, não se pronunciou sobre o assunto, preferindo analisar o funcionamento da ferramenta na prática antes de opinar.

Outras novidades da Uber

Recentemente, a Uber anunciou um investimento de R$ 250 milhões em um centro tecnológico no Brasil voltado exclusivamente para questões de segurança
Shutterstock
Recentemente, a Uber anunciou um investimento de R$ 250 milhões em um centro tecnológico no Brasil voltado exclusivamente para questões de segurança

Neste mês, a Uber também anunciou um novo aplicativo para motoristas que mostra um rastreador de ganhos em tempo real, uma nova barra de status, um centro de notificações e um guia para os condutores. A conexão foi otimizada, permitindo aos parceiros que iniciem ou finalizem viagens mesmo em situações de falta temporária de internet.

Leia também: EUA: Uber, Lyft e Airbnb autorizam que usuários recusem clientes neonazistas

Antes disso, a empresa já havia lançado um recurso que "prevê" crimes no aplicativo, o que melhora a experiência dos usuários também. Paralelamente, a ainda Uber anunciou um investimento de R$ 250 milhões em um centro tecnológico no Brasil voltado exclusivamente para questões de segurança.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.