Tamanho do texto

Google Chrome completa 10 anos, lança nova versão do navegador e de joguinho com dinossauro que aparece quando ocorre algum erro. Conheça

Joguinho escondido do Google Chrome é sucesso entre os brasileiros
Reprodução
Joguinho escondido do Google Chrome é sucesso entre os brasileiros

O navegador Google Chrome está completando 10 anos. O aniversário foi comemorado no dia 4 de agosto, ocasião na qual o Google anunciou um pacote de mudanças visuais e operacionais no navegador (veja mais abaixo) que se tornou o mais utilizado no mundo. Mas a despeito de tudo isso, a ocasião está chamando a atenção pelo anúncio de uma versão especial de um joguinho escondido no navegador que pouca gente conhecia. Ou talvez nem tão pouca gente assim.

Leia também: Extensão para Chrome e Firefox dificulta direcionamento de anúncios no Facebook

Todos nós já passamos pela situação em que uma falha na conexão com a internet ou qualquer outro "bug" faz o navegador parar de funcionar. No caso do Google Chrome, porém, junto com a mensagem de erro, um simpático dinossauro aparece na tela do usuário. Nesse momento, basta pressionar a barra de espaço do teclado ou tocar na tela, caso esteja no celular, para ativar o  T-Rex Running , o famoso joguinho do dinossauro.

O "easter egg" faz parte do Google Chrome desde 2014 e consiste em nada mais do que uma corrida de obstáculos 2D com o dinossauro em 8-bit. Em 2015, porém, o joguinho recebeu uma primeira atualização com Pterodactilos.

Eles aparecem voando quando você ultrapassa aproximadamente 400 pontos em várias alturas, inclusive perto dos cactos que o dino controlado pelo usuário precisa pular, fazendo com que o jogador tenha que passar a "se abaixar" também.

Dessa vez, durante esse mês de comemoração, no entanto, o joguinho ganhou uma edição especial de aniversário com balões, chapéu e bolo - um novidade fez com que muita gente nova conhecesse o joguinho do dinossauro pela primeira vez e outros tantos voltassem a acessar o player para conhecer a novidade.

Para tanto, porém, não é necessário derrubar a própria internet, basta digita na barra de endereço do navegador "chrome://dino". Se isso não funcionar, é sinal de que você precisa atualizar sua versão do Chrome.

Parece bobo, simples, mas a novidade caiu tão bem nas graças dos usuários que o Google publicou uma entrevista com os criadores do joguinho do dinossauro no seu blog oficial em inglês e eles até revelaram: o Brasil é um dos países que mais brinca com o T-Rex Running . A explicação para isso, porém, pode não ser tão boa: seria um sinal de que a internet no Brasil é ruim?

Veja a tradução da entrevista concedida pelos engenheiro do Google e criadores do jogo Edward Jung, Sebastien Gabriel e Alan Bettes:

Como surgiu a ideia de criar o T-Rex?

Sebastien: A ideia de “uma corrida sem fim” como um easter egg dentro da página “você está off-line” nasceu no início de 2014. É um jogo voltando à “era pré-histórica” quando você não tinha Wi-Fi. Os cenários de cactos e do deserto fizeram parte da primeira iteração da página "você está off-line", enquanto o estilo visual é um aceno à nossa tradição de estilo pixel-art nas ilustrações de erro do Google Chrome.

Alan: A única restrição que colocamos em nós mesmos foi manter o movimento rígido, reminiscente de videogames antigos. No começo, pensamos: “E se ele fizesse um chute bonitinho no começo como o nosso ouriço favorito dos anos 90? E se ele rugisse para indicar às pessoas que estava vivo? ”Mas, no final, decidimos o básico de qualquer bom jogo de corrida: correr, abaixar e pular.

O novo  easter egg foi apresentado em setembro de 2014, sob o pretexto de uma reformulação da página. Como foi o lançamento?

Edward: Foi a primeira vez que eu desenvolvi um jogo, então eu tinha muito a descobrir - física de salto, detecção de colisão e compatibilidade entre plataformas. A primeira interação funcionou terrivelmente em dispositivos Android mais antigos, então acabei tendo que reescrever tudo. Mas em dezembro de 2014, o jogo foi escalado para todas as plataformas.

Podemos imaginar que o Chrome Dino ficou bastante popular.

Edward: sim! Atualmente, existem 270 milhões de jogos por mês, tanto no laptop quanto no celular. Não é de surpreender que a maioria dos usuários venha de mercados com dados móveis não confiáveis ​​ou caros, como Índia, Brasil, México ou Indonésia.

Ele também chegou ao ponto em que precisávamos dar aos administradores de empresas uma maneira de desativar o jogo porque as crianças da escola - e mesmo os adultos que deveriam estar trabalhando - realmente entravam nisso.

Sebastien: Também criamos a URL "chrome://dino", onde as pessoas podem jogar sem ficar offline. A página oferece um "modo de arcada" para que os jogadores possam treinar para obter os melhores resultados em uma experiência de janela completa.

Você atualmente tem uma edição especial do jogo. Pode nos dizer mais sobre isso?

Joguinho do dinossauro
Reprodução
Joguinho do dinossauro "escondido" no Google Chrome ganhou versão especial no aniversário de 10 anos do navegador com bolo, chapéu e balão

Alan: Ao longo dos anos, o jogo teve algumas melhorias, como pterodáctilos e modo noturno. A mais recente foi lançada esta semana: uma "edição de aniversário" especial para o 10º aniversário do Chrome. Olhe para o bolo, balões e um chapéu de aniversário extravagante.

Qual sabor é o bolo?

Alan: Edward é na verdade um padeiro amador, então ele decidiu fazer um clássico bolo de aniversário de baunilha. Se o nosso dino vai comer isso milhões de vezes, ele deve ser bom!

Quanto tempo demora para vencer o jogo?

Edward: Nós estabelecemos um limite máximo em aproximadamente 17 milhões de anos, a mesma quantidade de tempo que o T-rex estava vivo na Terra… mas nós sentimos que sua barra de espaço pode não ser a mesma depois disso.

Google Chrome completa 10 anos e anuncia novidades

Google Chrome completa 10 anos lançando várias novidades
shutterstock
Google Chrome completa 10 anos lançando várias novidades

Lançado em 2008 para tentar superar o navegador padrão dos computadores da Microsoft, Internet Explorer, o Google Chrome está passando por sua maior reformulação nessa longa vida (no contexto da tecnologia) de dez anos. A maior parte das  atualizações do Chrome  anunciadas tem relação com a intenção do Google de oferecer uma navegação mais segura e prática aos usuários.

Leia também: Funcionários protestam contra projeto chinês de versão do Google com censuras

Grande parte, porém, diz respeito ao novo visual do Chrome. Esse recurso vinha sendo testado nas versão Beta do software, mas agora já está à disposição de todos os usuários.

A começar pelas guias da janela do navegador. Elas ganharam um design mais moderno com cantos arredondados e mais espaçados. Já a barra de endereços do Chrome, oficialmente chamada de Omnibar, também passou por uma remodelação para entrar no tema dos cantos arredondados.

Ainda em relação à ela, quando você digita algum endereço ou busca nessa seção, a barra se expande com um novo visual e os resultados também aparecem de forma mais espaçada e com informações mais detalhadas de modo que o usuário talvez nem precise de fato acessar a página para obter as respostas que procurava (caso não seja propriamente um site em si).

Ao digitar o nome de uma cantora, por exemplo, você pode ver um ícone do seu último álbum e ser levado diretamente para a página de informações dela no Google.

Uma das outras atualizações do Chrome é o autopreenchimento mais preciso através do aperfeiçoamento da inteligência artificial aplicada nessa ferramenta. O navegador já conta com esse tipo de tecnologia para detectar golpes de phishing na internet e impedir automaticamente que os usuários cliquem onde não devem. Contudo, a Google quer tornar o browser mais prático com IA.

Dessa forma, ao acessar sites que precisam de login, o browser deve completar seu email/nome de usuário e senha sem erros. O mesmo deve valer para formulários mais complexos, como os que pedem endereços e dados de cartões de crédito. Uma ajuda e tanto para quem precisa preencher longos formulários com frequência.

Mas não se preocupe. O Google também comunicou que essas informações dos usuários como senhas e dados pessoais serão salvas de maneira mais segura nas suas Contas Google, deixando-as longe das mãos de cibercriminosos.

Falando em senhas e segurança, o Chrome agora tem seu próprio gerenciador de senhas embutido. Esse recurso não apenas vai salvar suas credenciais de login, como também poderá gerar novas senhas fortes e aleatórias toda vez que você for criar uma conta em um site ou serviço online. A Google explica que esses dados serão, naturalmente, sincronizados entre todos os dispositivos do usuário conectados à mesma Conta Google.

Já a tela inicial do navegador, também conhecida como “Nova Guia” foi reformulada e está entre as várias atualizações do Chrome. Agora, em vez de trazer miniaturas dos sites que você mais visita, essa guia traz uma série de ícones para esses sites. Com essa mudança, os usuários terão que se acostumar com o ícone de cada site, mas é fato que ela deixa a tela inicial do navegador mais limpa.

A empresa pretende eventualmente melhorar recursos de busca e também aperfeiçoar o gerenciamento de abas quando o usuário mais precisa de ajuda. Por exemplo, ao planejar uma viagem de férias, as pessoas precisam pesquisar e comparar muitos preços e características de voos, hospedagem, pontos turísticos, e por aí vai.

Esse tipo de tarefa normalmente exige um verdadeiro malabarismo de abas no navegador, e o Google está buscando uma forma de facilitar esse processo.

Leia também: Google lança aba lateral dedicada às propostas dos candidatos à Presidência

Essas mudanças no design e a inclusão de ferramentas no Google Chrome já estão disponíveis aos usuários através da versão 69 do navegador. Se você está em uma versão anterior, procure atualizar o programa ou esperar até que a distribuição gradativa dessa atualização surta efeito no seu computador. As mudanças vão afetar computadores com Windows, Linux e macOS, bem como smartphones Android e iOS.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.