Aplicativo é gratuito e já está disponível na App Store

Adobe Reader para iOS
Divulgação
Adobe Reader para iOS
A Adobe lançou o primeiro aplicativo do Adobe Reader, que permite visualizar arquivos no formato PDF, para dispositivos da Apple, entre eles o iPhone. O aplicativo gratuito permite que o usuário faça buscas no texto, marque páginas, aumente ou reduza o tamanho da letra, selecione e copie fragmentos do texto e visualize páginas no formato “scroll” (de “rolagem”).

Segundo a Adobe, o aplicativo só funciona em dispositivos com o sistema operacional iOS na versão 4.2.5 ou superior. O aplicativo gratuito permite ver apenas PDFs, formato já suportado por outros aplicativos como o próprio iBooks , da Apple, e o GoodReader . O aplicativo já está disponível na App Store .

A extensão PDF (formato portátil de documento) foi desenvolvido pela Adobe em 93 para visualizar arquivos que contenham texto, gráficos e imagens sem distorcer a resolução. Antes de lançar o aplicativo do Reader, a Adobe já havia lançado o CreatePDF para iPhone, que permite converter arquivos de outros formatos para PDF.

Adobe e Apple têm relação difícil

Apesar do lançamento dos aplicativos, a Adobe não conseguiu emplacar seu principal produto nos produtos da Apple: o Flash Player. Steve Jobs, ex-CEO da Apple falecido no início de outubro , sempre foi contra a execução de arquivos em formato Flash nos seus dispositivos, como iPhone e iPad. O executivo apoia o uso da linguagem HTML5 pelos sites, que permite assistir vídeos na web sem a instalação de plug-ins.

Uma das razões apontadas por Jobs era de os aparelhos gastam muita bateria para reproduzir vídeos em Flash. Outro motivo é a proibição de uma linguagem fechada (que não permite alterações) em dispositivos da Apple. A proibição foi motivo de muitas discussões públicar entre Jobs e Shantanu Narayen, CEO da Adobe. Na época, Narayen disse que a Apple proibia o uso porque o Flash não a beneficiava .

Para permitir que usuários de produtos da Apple continuem assistindo conteúdo em Flash, a Adobe lançou recentemente o Flash Media Server . O servidor pode ser adotado por sites de conteúdo na web que usam a linguagem Flash: ao identificar o acesso por meio de dispositivos da Apple, ele converte o conteúdo automaticamente para um formato suportado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.