Aparelho da Nokia é o melhor no quesito fotos, mas sistema Windows Phone ainda luta para ganhar apelo entre desenvolvedores de aplicativos

NYT

Por David Pogue

Por muitos anos, cada foto boa tirada com celular suscita a mesma frase: “Muito boa foto! Para um celular”.

A mediocridade das fotos tiradas com celular não afetou em nada sua popularidade. A cada ano, tiramos bilhões de fotos com nossos celulares. Muitas vezes acabamos usando um celular em vez de uma boa câmera até mesmo em momentos importantes de nossas vidas. A portabilidade do celular parece compensar por sua longa lista de limitações como câmera: sensores ruins, ausência de zoom ou flash de verdade e muita granulação em fotos escuras.

Lumia 1020: melhor câmera do mercado
Divulgação
Lumia 1020: melhor câmera do mercado

Bem, uma boa notícia: aos poucos, as principais empresas de eletrônicos estão finalmente se voltando para esses problemas. Algumas delas tentam embutir recursos de celular em uma câmera, outras tentam combinar câmeras de verdade com celulares.

A Nokia escolheu a segunda estratégia com o Lumia 1020 (nota da redação: ainda não há previsão de lançamento do aparelho no Brasil). É um aparelho Windows Phone com tela grande e câmera fantástica.

Segundo a Nokia, o aparelho tem câmera de 41 megapixels. Mas, se você acha que megapixels equivalem a qualidade de imagem, está enganado. Na verdade, a quantidade de megapixels não tem grande importância. Já houve câmeras de 2 megapixels que tiravam excelentes fotos, e câmeras de 20 megapixels que tiravam fotos horríveis.

E, de todo modo, no Lumia 1020, qualquer foto enviada por meio de redes sem fio é na verdade uma imagem de 5 megapixels, valor suficiente até mesmo para imprimir a foto em tamanho grande. A única forma de acessar os originais em altíssima resolução é conectar o aparelho ao computador por meio de um cabo USB e transferir os arquivos.

A quantidade de megapixels só é útil em uma situação: quando você quer cortar a maior parte da foto e focar em um detalhe. Com uma foto de 41 megapixels, você pode descartar boa parte da imagem e ainda ter nível de detalhe suficiente para imprimir o que sobrar em tamanho grande. O aplicativo Pro Cam é feito justamente para isso: permite criar fotos a partir de um pedaço de uma cena maior.

O que realmente faz diferença nessa câmera é o seu excelente sensor. Comparado com o de seus rivais, o sensor do 1020 é maior e mais sensível à luz. Nunca vi fotos tão boas tiradas com um celular. As fotos ficam realmente espetaculares.

Na maioria dos casos, as fotos são tão boas quanto aquelas tiradas com câmeras digitais básicas (aquelas que não fazem ligações, sabe?). Muitas vezes são melhores ainda. As fotos com baixa luz parecem ter saído de um filme de espionagem. E se o objeto estiver perto da lente, o fundo fica fora de foco, como em fotos profissionais.

Acessório deixa Lumia 1020 parecido com uma câmera
Divulgação
Acessório deixa Lumia 1020 parecido com uma câmera

Às vezes, entretanto, as fotos ficam piores. Lentidão no disparo é um problema. Pode haver ligeiras distorções nas bordas das fotos.

Além disso, nem mesmo esse celular tem zoom de verdade. Uma lente de 3 polegadas provavelmente não ficaria confortável na mão durante uma ligação. Há um zoom digital de 3x, mas, claro, ele não é um zoom de verdade.

Na maior parte dos celulares, o flash não passa de uma pequena luz do tipo LED que funciona apenas para distâncias muito curtas. Já o Lumia 1020 vem com flash de xenônio, o mesmo usado em câmeras. Como outros aparelhos com Windows Phone, o 1020 tem um botão específico para disparar a câmera. Um um acessório de US$ 80 deixa celular ainda com mais cara de câmera, adicionando também uma bateria extra e uma entrada para tripés.

O aparelho também tem um estabilizador ótimo, muito útil em vídeos. Os vídeos também são excelentes, estáveis, com cores brilhantes e excelente definição Full HD.

Então, sim, essa é a melhor câmera que você já viu em um celular (a não ser, claro, que você conte o Pureview 808, que também têm câmera excelente mas vem com obsoleto sistema Symbian).

Mas há um preço a pagar por ter uma câmera tão boa em um celular. Três preços, na verdade (fora, claro, o valor do aparelho).

Tamanho

O primeiro, o aparelho é gigante, com medidas de 13 x 7,1 x 1 centímetros. Tudo bem, tem uma boa tela de 4,5 polegadas, mas ainda assim. Parece que você está segurando uma caixa de DVD na sua orelha.

A lente cria um “calombo” na traseira. Não é tão volumoso, mas é o suficiente para que o aparelho não fique completamente deitado na mesa. Pelo menos a Nokia aproveitou a carcaça gigante do aparelho para incluir uma baita bateria. Dá facilmente para passar um dia inteiro usando o aparelho em tarefas cotidianas.

Aplicativos de fotos

O segundo preço a pagar: complexidade. A Nokia, por alguma razão difícil de descobrir, resolveu dividir o aplicativo de câmera em três. O aplicativo principal é o Pro Cam. Ele regula ajustes como balanço de branco, ISO e exposição.

Um segundo aplicativo, o Nokia Smart Cam, faz tarefas de edição. Entre elas é possível, por exemplo, escolher a melhor expressão de uma pessoa em uma sequência de fotos ou remover algum papagaio-de-pirata da foto. Há ainda um terceiro aplicativo, o Creative Studio, para acrescentar filtros como os do Instagram.

Windows Phone

Mas o terceiro e maior preço é o Windows Phone 8.

Não me entenda mal: o sistema da Microsoft é bonito, intuitivo e competente. Dá para usar suas próprias músicas como ringtones, ativar um modo protegido para crianças, usar o aparelho com comandos de voz, além de aproveitar os excelentes aplicativos de mapas e navegação da Nokia.

Sistema Windows Phone é bom, mas deixa Lumia 1020 menos atraente
Divulgação
Sistema Windows Phone é bom, mas deixa Lumia 1020 menos atraente

Infelizmente, como a Microsoft chegou tarde ao mercado de smartphones, os aparelhos com Windows Phones ainda são considerados os “esquisitões” da escola. Os fãs do Windows Phone são empolgados, mas, infelizmente, provavelmente daria para reunir todos eles em um porão de igreja.

Para piorar, empresas de software não costumam ligar para quem não está na moda. A Microsoft diz que há 170 mil aplicativos para o sistema. Entre eles estão nomes famosos, como Facebook, Twitter e Skype.

Mas entre os aplicativos que não têm versões para WP estão Pinterest, Google Maps, Flipboard, Instagram e outros. A história do ovo e da galinha terá um final feliz para a Microsoft? Ninguém sabe.

O que está claro é que o Lumia 1020 é um aparelho formidável. O tamanho e formato podem parecer meio estranhos para a maioria, e o Windows Phone ainda tenta ganhar seu espaço no mercado. Mas, se você quer tirar boas fotos com um celular, esse é o cara para você.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.