Sensor biométrico é o maior diferencial do aparelho em relação ao iPhone 5. Celular também traz configuração mais poderosa, mas muitas das novidades não farão diferença para a maioria dos usuários

A Apple é conhecida por atualizar seus aparelhos anualmente. Quando a mudança não é tão radical e basicamente limitada a novos componentes internos, a empresa batiza o aparelho com a letra "s". Assim, tivemos o iPhone 3Gs, o iPhone 4s e, neste ano, o iPhone 5s (R$ 2.799), uma versão aprimorada do iPhone 5.

LEIA TAMBÉM:
Teste: iPhone 5c é iPhone 5 de cara nova

Como toda versão "s", o aparelho mantém o mesmo visual de seu antecessor. As mudanças são quase todas na parte interna, com configuração mais poderosa e novos componentes na câmera. Por fora, ficou tudo igual, com exceção da mudança de cores (o iPhone 5s também é vendido em uma versão dourada).

O único recurso realmente inédito do novo aparelho é o leitor de impressão digital. Ele é muito eficiente e elimina a necessidade de digitar senha para acessar o aparelho. Confira mais detalhes do iPhone 5s no teste a seguir.

A favor:

- Design imbatível;
- Rápido e agradável de usar;
- Leitor de digitais muito eficiente;
- Ótima câmera.

Contra:

- Tela de 4 polegadas é pequena para os padrões atuais;
- Preço alto em comparação com outros aparelhos topo de linha.

Design

Nos últimos anos os smartphones com Android chegaram ao patamar do iPhone em termos de configuração e recursos. Mas no quesito design a Apple ainda está bem à frente de seus principais concorrentes. 

O modelo analisado pelo iG foi o iPhone 5s com acabamento em dourado (tom champanhe). Em resumo, o iPhone 5s é lindo, leve e agradável de carregar. Nas laterais, temos a mesma faixa contínua de metal (incluindo os botões) do iPhone 5.

Veja 12 aplicativos úteis e grátis para iPhone

E capricho no design se estende ao sensor biométrico (localizado no botão Home). Um elegante anel de aço inoxidável circunda o botão Home e auxilia no funcionamento do recurso. Em suma, enquanto outros fabricantes trouxerem plástico mesmo em aparelhos de ponta, o acabamento em metal da Apple continuará sendo a referência em termos de design. 

Configuração

A novidade que mais chama atenção no iPhone 5s é, sem dúvida, o leitor de digitais. A Apple incluiu um sensor biométrico no botão Home do iPhone. Assim, basta colocar o dedão sobre o botão para destravar o aparelho sem precisar digitar a senha (quem quiser continuar usando senha pode fazê-lo, ajustando as configurações do smartphone). A leitura de digital também pode ser usada para aprovar compras na App Store.

2014 terá mais celulares com leitor de digital, diz Ericsson

Leitores de digitais em smartphones não são exatamente inéditos, mas o da Apple tem o mérito de realmente funcionar muito bem. Durante os testes do iG , o leitor foi usado certamente mais de cem vezes e não falhou nenhuma vez. É uma ideia prática e que deve começar a aparecer em mais smartphones.

iPhone 5s é extremamente rápido
André Cardozo/iG
iPhone 5s é extremamente rápido

Ninguém nunca reclamou de lentidão no iPhone 5, mas a Apple deixou o aparelho ainda mais poderoso e rápido. O iPhone 5s tem um chip A7 64 bits de dois núcleos e 1,3 GHz e 1 GB de RAM.

 Para o mundo Android, seria uma configuração modesta. Mas a boa integração entre o hardware e o sistema iOS 7 deixa o aparelho extremamente rápido.

No benchmark Sunspider, que mede velocidade de execução de Javascript, o navegador Safari obteve a marca de 390 milissegundos, superando todos os outros navegadores de smartphones.

Além de todo o poder do chip A7, há um segundo chip, o M7, que cuida especificamente do processamento de dados que vêm dos componentes de movimento do celular (bússola, acelerômetro, giroscópio e outros).

Moto X supera iPhone 5s em testes de durabilidade

Na prática, isso quer dizer que o processador principal, o A7, não precisa se preocupar com dados de movimento, ficando livre para outras tarefas. Além disso, o processamento detalhado de dados de movimento realizado pelo M7 ajuda a poupar bateria. Por exemplo, quando o usuário está dirigindo ou no ônibus, o smartphone "sabe" que ele está em movimento e deixa de procurar por redes Wi-Fi, poupando energia. 

Em termos de armazenamento, como no iPhone 5, o 5s tem versões de 16 GB, 32 GB e 64 GB (modelo testado pelo iG ). A Apple também mantêm a estratégia de não incluir entradas para cartões de memória em seus aparelhos, o que pode desagradar a quem realmente precisa de muita memória.

Tela

A tela do iPhone 5s é, ao mesmo tempo, um ponto forte e fraco do aparelho. Pelo lado positivo, ela tem resposta precisa ao toque e excelente qualidade de imagem, como já é característica dos produtos da Apple. A resolução de 1.136 x 640 e a densidade de 326 ppp não são as maiores do mercado, mas o brilho e a fidelidade de cores garantem imagens de primeira qualidade.

O lado negativo é que, com o sucesso dos smartphones com telas grandes (de quatro polegadas para cima), muitos usuários mais avançados se acostumaram com mais espaço para digitar e acessar conteúdo. Havia boatos de que a Apple lançaria um aparelho com tela maior este ano, mas a empresa manteve o tamanho de 4 polegadas, o mesmo do iPhone 5.

Apple vende 9 milhões de novos iPhones em três dias

Muitas pessoas preferem a atual tela de 4 polegadas pelo fato de ser mais fácil de usar com uma só mão. Mas cada vez mais pessoas procuram um smartphone com tela maior e a Apple ainda não tem uma opção para esse público.

Câmera

Em termos de megapixels, a câmera do iPhone 5s não impressiona com seus 8 MP. Mas a qualidade final da imagem depende de muitos outros fatores além da quantidade de megapixels da câmera, e a Apple se sai bem em todos eles.

Câmera do iPhone 5s tem flash LED com duas luzes
André Cardozo/iG
Câmera do iPhone 5s tem flash LED com duas luzes

Os avanços de câmera do 5s em relação ao iPhone 5 mostram sua eficácia principalmente em fotos noturnas. Uma das novidades do aparelho é usar um flash com duas luzes LED, uma branca e outra de tom âmbar (tonalidade que fica entre o amarelo e o laranja).

Quando o usuário tira uma foto noturna, o aparelho analisa as cores do ambiente para regular a intensidade de cada luz do flash e obter cores mais naturais.

Nos testes do iG , esse recurso realmente funcionou. Fotos tiradas em ambientes com pouca luz tiveram menos ruídos e cores mais naturais do que a média. 

A câmera do iPhone 5s não traz as dezenas de modo de foto da câmera do Galaxy S4, mas vem com os recursos principais: HDR, foto panorâmica, formato quadrado (padrão Instagram) vídeo em câmera lenta e nove filtros de imagem. Quem gosta de muitas opções de uso de câmera pode se decepcionar. Mas é inegável que, ao manter as opções mais usadas e importantes, o aplicativo de câmera do iPhone fica mais fácil de usar do que alguns aplicativos cheios de funções inúteis na prática.

Sistema

Assim como o iPhone 5c, o iPhone 5s já sai de fábrica com o iOS 7, versão mais recente do sistema para iPhones e iPads disponível também para aparelhos mais antigos. A novidade mais útil do sistema para a maioria das pessoas é o painel de controle. Esse painel, de forma semelhante ao que já existe no Android, facilita o acesso aos ajustes mais comuns, como Wi-Fi e Bluetooth. Basta deslizar o dedo de baixo para cima na tela para chamar o painel.

Saiba mais sobre o iOS 7

Outro ponto forte do sistema é e quantidade e a qualidade dos aplicativos. O rígido controle da Apple sobre a loja App Store faz com que a qualidade dos aplicativos seja muito boa na média. Isso é particularmente verdadeiro na categoria de jogos. A maior parte dos games mais sofisticados chega primeiro na plataforma da Apple. 

Bateria

O iPhone 5s se saiu muito bem nesse quesito. Em um teste de bateria exigente, com vídeo do YouTube rodando em tela cheia, Wi-Fi ligado e brilho no máximo, a bateria durou cerca de dez horas, um excelente valor. Em uso normal do celular, a bateria foi mais do que suficiente para um dia de trabalho, quase chegando a dois.

Conclusão

O iPhone 5 já era um aparelho de primeiríssima qualidade, e o iPhone 5s mantém essa tradição. Com a exceção do sensor biométrico, porém, as novidades que ele traz não têm impacto direto para a maioria de seus compradores. O iPhone 5 já é um aparelho muito rápido, por isso os avanços em processamento e na câmera serão mais sentidos apenas por quem roda aplicativos muito pesados ou é fanático por fotografia. 

Assim, do ponto de vista do hardware, não há um grande apelo para que quem já tem um Android ou Windows Phone se converta para o iPhone. E quem quiser desfrutar dos benefícios do "mundo Apple", como a ótima seleção de aplicativos e lojas de vídeo e música completas, tem uma opção mais barata (ou menos cara), o iPhone 5c. Já para quem já tem um produto Apple e pretende realizar um upgrade, a atualização vale para quem tem um iPhone 4S ou modelo anterior. Mas quem já tem um iPhone 5 pode esperar pelo menos mais um ano para trocar de aparelho.

Ficha técnica

iPhone 5s

Preço: R$ 2.799 (versão com 16 GB)
Configuração: Tela de 4 polegadas com resolução de 1.136 x 640 e 326 ppp, processador A7 de 64 bits com dois núcleos e velocidade de 1,3 GHz, coprocessador M7 para sensores de movimento, 1 GB de RAM, 64 GB de memória (versão testada), sistema iOS 7, câmera traseira de 8 MP com flash LED de duas luzes e captura de vídeo em Full HD (1080p), câmera frontal de 1,2 MP e captura de vídeo em HD (720p), Wi-Fi, Bluetooth, 3G/4G.
Dimensões (cm):  12,3 x 7,9 x 0,7
Peso (g): 112

CONTINUE LENDO:

Conheça os principais concorrentes do iPhone 5s

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.