Design diferente, mesmo Symbian. A Nokia aposta em seu sucesso de mercado para conquistar os mais novos

Smartphone Nokia X5-01
Geek
Smartphone Nokia X5-01
Por Stella Dauer

As opiniões divergem quando o assunto é a continuidade do sistema operacional Symbian nos aparelhos Nokia. Uns gostam da plataforma, outros acham que ela vai fazer com que a Nokia perca mais e mais mercado para os concorrentes como Android e iOS.

Todos concordando ou não, a Nokia tem sua estratégia e continua lançando aparelhos com esse sistema, como esse X5-01. Vamos ver o que podemos falar dele.

Esse visual não parece Nokia

Mostrando o aparelho para as pessoas, ninguém adivinhou que o X5 era da Nokia. O design é diferente, um pouco jovem mas elegante. Seu formato quadrado lembra o Flipout da Motorola, também direcionado para jovens.

Ele cabe facilmente na mão, e seu acabamento é todo em metal e plástico, pesando apenas 128 gramas. A cor que me enviaram para testes é o cinza, e todo ele é dessa cor (também está disponível nas cores rosa e azul). Atrás a tampa da bateria é de aço escovado, as laterais são de plástico fosco e toda a frente é de plástico espelhado, exceto a tela.

Essa tela não é de toque, e para suprir isso há oito botões e um teclado QWERTY escondido sob o deslize do aparelho. Isso tudo deixa o X5 um pouco pesadinho, mas nada que atrapalhe. Na lateral temos o volume, na parte de cima temos entrada padrão para fones e a conexão microUSB protegida por uma tampa; os botões na frente incluem a home, música, liga, desliga/energia, dois de função, central e navegador.

Retomando o assunto da tela, a do X5 não é grande, e nem possui qualquer tecnologia especial. Ela é uma TFT e tem 2,36 polegadas com 320 × 420 pixels de resolução, o QVGA. Ela suporta 262 mil cores, o que não é muito.

Usabilidade

Graças ao Symbian que todo mundo reclama, quem já usou Nokia alguma vez na vida, pode usar qualquer outro modelo da marca. A versão que roda nele é o Série 60, Symbian OS 9.3, moderna e simples. Os menus nos aplicativos são quase sempre os mesmos e juntam sempre as mesmas funções, como ver quais os aplicativos estão abertos, sair, e outros.

Quem já usa iOS ou Android pode até se confundir um pouco, mas quem já vem de um Nokia ou de outros aparelhos mais antigos pega o jeito muito rápido.

O teclado QWERTY físico é de boa ajuda para quem não consegue se adaptar a telas de toque, odeia o sistema alfanumérico e digita bastante no aparelho. As teclas são espaçosas e convexas, para pegar melhor nos dedos. Ele também tem alguns atalhos.

As teclas que ficam na frente do aparelho também são úteis, pois possuem atalhos para os aplicativos mais utilizados, um botão exclusivo para música e a roda navi para passear mais facilmente pelos menus. Entretanto, por serem parte de apenas uma peça, podemos apertar botões errados várias vezes.

Hardware e processamento

O processador até que é potente, um ARM 11 de 600MHz. Para o que o Symbian pede do processador, é um ótimo chip, não engasga em nenhuma função. Inclusive esse sistema foi um dos primeiros a aceitar a multitarefa sem prejuízos.

Teclado físico em formato slide
Geek
Teclado físico em formato slide
Conexões

Apesar do preço, do tamanho e da simplicidade, o X5 vem com quase tudo que se espera em matéria de conexão, exceto o GPS. Ele vem com WiFi e, para minha surpresa, com 3G (funciona em HSDPA, GPRS e EDGE), bem completinho. Além disso, é quadribanda, o que significa que funciona no Brasil todo.

Câmera

Se é Nokia, já é possível esperar uma boa câmera. A do X5 é simples, tem 5 megapixels, auto foco e flash LED embutido. Nada de macro, efeitos de cores ou zoom ótico. Ainda assim, faz mais do que a de outros aparelhos na mesma faixa de preço. Nada indica que sejam as tradicionais Carl Zeiss, mas as imagens saíram com boa qualidade, ainda mais com a escolha de 7 tipos de cenas.

A função para fotos em sequência permite escolher um período para o disparo da foto, indo de 10 segundos a 30 minutos, legal para fazer aquelas cenas de flores abrindo aos poucos.

No vídeo não dá pra falar muito. Ela filma apenas em formato VGA a 15 frames por segundo. Isso é bem pouco, praticamente não dá pra usar nem no YouTube. Tem também, junto com o modo vídeo, o modo panorama, que ajuda a tirar fotos e já monta a imagem comprida no aparelho.

Aplicativos e o sistema operacional


Quem não sabe como ficar instalando vários aplicativos para deixar seu telefone funcional ou simplesmente não quer se preocupar com isso, costuma gostar dos aparelhos da Nokia. Dentro deles já vêm o suficiente para usar o que for preciso do celular.

No caso do X5, encontramos 4 jogos, navegador, Facebook, YouTube, Twitter, MySpace, Hi5, mensagens, contatos, música, loja de apps, calendário, chat, calculadora, relógio, email, dicionário, leitor de documentos office, RealPlayer, notas, conversor, gerenciador de arquivos, entre muitos outros. Do que mais você precisa em um aparelho, falando de forma essencial?

Música e mídia

Ele é cheio de surpresas nesse quesito. O Shazam é um aplicativo que ajuda a identificar músicas apenas pegando um pedaço da faixa e se comunicando com a internet. O Surprise Me! toca músicas de forma aleatória conforme se chacoalha o aparelho. Já o Playlist DJ reproduz as faixas de acordo com o humor do usuário.

E o X5 tem rádio! Muita gente pode desdenhar isso, mas tem quem compre um aparelho apenas se o rádio FM estiver presente.

O som externo tem os agudos um pouco estourados, mas tem um volume impressionantemente alto. Funciona muito bem sem qualquer alto falante auxiliar. No interno, fica melhor ainda: com os fones normais e plugue padrão que vêm com o X5, o som fica fantástico.

Smartphone Nokia X5-01
Geek
Smartphone Nokia X5-01
Bateria e armazenamento

A bateria desse aparelho, para quem está acostumado com Nokia, é a mesma de sempre. Mas para quem já viveu no mundo de Androids e iPhones, vai se espantar com uma bateria que pode passar vários dias sem ser carregada. No caso do X5, basta manter o WiFi e o 3G desligados que você não vai precisar manter o carregador na bolsa. Escutar música também come a bateria.

Quando falamos da memória interna, choramos: são apenas 200MB. Lógico que com isso dá pra instalar muito aplicativo da Ovi Store, mas ainda assim é pouco. Para compensar um pouco isso e manter o valor baixo, a Nokia oferece junto um cartão microSD de 2GB. Você pode colocar até 32GB a mais no X5, para escutar mais músicas e armazenar mais fotos.

O que vem na caixa

Na caixa, encontramos o básico: o aparelho com bateria, o carregador pequeno, fones de ouvido normais, um cartão microSD de 2GB, cabo de dados e manuais. Nem tem muito o que falar por aqui.

O X5 não é exatamente um smartphone. Tempos atrás, ele até poderia ser considerado um, mas hoje em dia acho que o mais correto é chamá-lo de feature phone, um aparelho que se aproxima de um smartphone, é melhor que um celular simples, mas faltam algumas coisas.

Não que ele seja ruim, pelo contrário. Quem gosta de aparelhos Nokia ou quer um aparelho duradouro com um sistema menos complexo do que os smartphones atuais, irá se satisfazer com o X5. Ele não é nem de longe um topo de linha da marca, mas serve perfeitamente para quem quer acessar internet em qualquer lugar, digita muito, tira algumas fotos esporádicas, gosta de ouvir música, procura uma alta duração de bateria e não quer ter trabalho instalando aplicativos, quer que tudo já venha pronto.

Prós:

• Câmera de boa qualidade;

• Bateria de alta duração;

• Já vem com vários aplicativos;

Contras:

• Tela pequena;

• Não possui GPS;

• Botões do menu são um pouco atrapalhados;

Nokia X5-01

Preço : R$600

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.