Versão 7.5 (Mango) e estratégias de varejo podem ajudar a Microsoft a ganhar mercado, diz consultoria

Windows Phone, da Microsoft, já está em aparelhos da HTC, LG e Samsung
Getty Images
Windows Phone, da Microsoft, já está em aparelhos da HTC, LG e Samsung
A consultoria Asymco divulgou esta semana que o sistema operacional para smartphones da Microsoft, o Windows Phone, está com um desempenho abaixo das expectativas. De acordo com dados da Gartner, durante o último trimestre, a Microsoft vendeu 1,7 milhões de unidades de smartphones com o sistema embarcado, 1,6% do mercado.

No mês passado, a Microsoft lançou a versão 7.5 (Mango) do sistema operacional e mais 11 celulares foram anunciados pelas fabricantes. A consultoria lembra que já existem 27 modelos de smartphones com a versão 7 do Windows Phone.

De acordo com a Asymco, a Microsoft tem que superar algumas barreiras e investir em algumas ações para obter sucesso com a nova versão do Windows Phone, como oferecer incentivos (comissão) aos varejistas que tiverem bons desempenhos de vendas do aparelho, prática comum em alguns países.

Segundo Andy Lees, presidente da unidade móvel da empresa, em uma entrevista para a Bloomberg, é possível que isso seja feito para estimular as vendas do aparelho.

A consultoria afirma que a Microsoft tem um acordo com a Nokia de que US$ 1 bilhão serão destinados para promover smartphones da Nokia com Windows Phone. No lançamento do sistema operacional no ano passado, a Microsoft afirmou que destinaria US$ 400 milhões para ações de marketing e promoção de vendas.

O Windows Phone foi lançado ano passado para competir no mercado dominado por Android (Google) e iOS (Apple). Samsung, HTC e LG começaram a fabricar modelos embarcados com o sistema, mas o baixo investimento para atualizações da Microsoft e o anuncio da parceria com a Nokia para a versão Mango não impulsionou nas vendas do sistema operacional. Segundo a Asymco, a Microsoft pretende atingir 20% do mercado de smartphones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.