Galaxy Tab foi remodelado pela Samsung para atender as exigências da corte alemã

Decisão final sobre o Galaxy Tab será tomada em 9 de fevereiro
Getty Images
Decisão final sobre o Galaxy Tab será tomada em 9 de fevereiro
FRANKFURT - Uma corte alemã rejeitou, em um parecer preliminar, a alegação da Apple de que o tablet Galaxy Tab, já remodelado pela Samsung, ainda parece uma cópia do iPad. A Apple está brigando judicialmente com várias fabricantes de smartphones e tablets em cortes ao redor do mundo por motivos de propriedade intelectual.

A briga contra a Samsung, que, além de concorrente, é fornecedora da Apple, tem sido especialmente amarga, com 30 processos em dez países. "De acordo com a avaliação da corte, o réu se distanciou suficientemente do design legalmente protegido", declarou a juíza Johanna Brueckner-Hofmann nesta quinta-feira. Segundo ela, a decisão final foi programada para 9 de fevereiro.

Em resposta a uma decisão judicial a favor da Apple, a Samsung remodelou o Galaxy Tab 10.1 somente para o mercado alemão e o batizou de Galaxy Tab 10.1N. A Apple, no entanto, também contestou essa nova versão, tentando impedir a Samsung de vender o produto no maior mercado consumidor da Europa.

No começo desta semana, a Samsung fez novas acusações contra a Apple na Alemanha relacionadas à tecnologia WCDMA para celulares 3G.

Por Matthias Inverardi

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.