Mas o iPad ainda deve vender bem no final do ano

Por Bianca Hayashi, da MAC+

Em um comunicado lançado aos investidores nesta semana, a JPMorgan Chase & Co. indicou que a Apple pode ter cortado 25% da produção do iPad 2. As fontes dentro das fábricas dizem que o corte foi feito há duas semanas e é o primeiro que a empresa fez em muitos anos.

De acordo com a Bloomberg , originalmente, a Apple esperava enviar 17 milhões de iPads 2 no quarto trimestre de 2011, mas o número pode ter caído para 13 milhões. O motivo do corte seria uma demanda fraca na Europa.

O DigiTimes também diz que houve uma caída na demanda global do tablet, que pode obrigar a Apple a baixar os preços do iPad.

Estes boatos são quase uma surpresa, já que a Apple informou nos resultados de seu trimestre fiscal que as vendas do iPad continuam crescendo, atingindo o recorde de 9,25 milhões no trimestre passado. Mark Moskowitz, da JPMorgan, acredita que a Apple venderá 10.9 milhões de iPads até o trimestre atual e 12 milhões durante as festas de final de ano.

Os rumores também dizem que a Apple já começou a produzir protótipos para a terceira geração do tablet, mas não deve lançá-lo antes de 2012. Enquanto isso, a concorrência sofre para chegar aos pés do iPad.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.