Desde a saída de Ron Johnson em junho, a empresa procura um substituto


Por Fernanda Morales

Em junho deste ano, a Apple anunciou a saída do vice presidente sênior de operações das Apple Stores, Ron Johnson. Johnson ¿ que exerceu um papel muito importante dentro da empresa na última década, criando o conceito de Apple Stores que conhecemos hoje ¿ assumiu o cargo de presidente da empresa varejista J.C.Penney.

Siga o iG Tecnologia no Twitter Siga o iG Tecnologia no Twitter


Desde então, a Apple procura exaustivamente por um substituto para o cargo de Johnson e segundo o site Mac Rumors , a empresa está contando com a ajuda da empresa de assistência Egon Zehnder para a contratação de um novo executivo.

O The Wall Street Journal afirmou que Steve Jobs, que está de licença médica, está participando da escolha da empresa de assistência, pois está interessado em executivos de que residam fora dos Estados Unidos para assumir o cargo de Johnson.

Operando Apple Stores em onze países além dos Estados Unidos, a Apple teve um crescimento de 30% com suas 325 lojas ao redor do mundo nos últimos anos. A empresa pretende abrir mais 30 lojas até o final de setembro, contabilizando 355 Apple Stores.

O mercado chinês é um dos focos da Apple, que no ano passado prometeu lançar 25 lojas no país nos próximos dois anos, mas até agora apenas três foram abertas. A empresa está enfrentando problemas para identificar os melhores locais e planejar lojas mais atraentes para o público.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.