Produto pode ter vendas proibidas, assim como outros bonecos de executivos de tecnologia já lançados nos Estados Unidos

Uma fabricante de bonecos americana, a In Icons, lançou nos Estados Unidos um boneco de Steve Jobs, com 12 centímetros de altura e detalhes bastante próximos aos reais. A empresa planeja vender o produto por R$ 184 (US$ 99) somente nos EUA a partir do final de fevereiro. O executivo, cofundador e ex-CEO da Apple, faleceu em 5 de outubro de 2011 .

Boneco do Steve Jobs na pose da foto da capa da biografia do executivo, escrita por Walter Isaacson
Reprodução
Boneco do Steve Jobs na pose da foto da capa da biografia do executivo, escrita por Walter Isaacson

Trata-se da segunda vez que uma empresa de bonecos lança uma miniatura de Steve Jobs. A primeira tentativa de vender um boneco foi da empresa M.I.C. Store , em novembro de 2010. Além de vir também com as roupas clássicas usadas por Jobs (camiseta de gola alta preta, calça jeans e tênis), o boneco oferecia balões para os fãs escreverem frases conhecidas do executivo.

Boneco de Steve Jobs tem mãos e braços articulados, o que permite colocar uma miniatura do iPad em suas mãos
Reprodução
Boneco de Steve Jobs tem mãos e braços articulados, o que permite colocar uma miniatura do iPad em suas mãos

O produto era vendido pela M.I.C. Store a R$ 140 (US$ 80), mas a Apple proibiu a empresa de vender o produto poucos dias após o lançamento, o que pode acontecer com o novo boneco lançado pela In Icons. A M.I.C. Store também foi a mesma responsável por criar o boneco de Mark Zuckerberg , fundador e CEO do Facebook, que também proibiu as vendas do boneco em março de 2011.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.