Com 5,41%, País fica atrás de EUA (35,11%) e Índia (5,48%)

A AVG publicou nesta semana um relatório que aborda ameaças de segurança na internet. Segundo a pesquisa, feita entre os meses de julho e setembro, o Brasil está em terceiro colocado no ranking de países que mais enviam spam, com 5,41%, das mensagens enviadas, atrás de Estados Unidos (35,11%) e Índia (5,48%).

Logo atrás do Brasil estão Reino Unido (4,05%), Russia (3,8%), Coreia do Sul (2,48%), Vietnã (2,47%), França (2,26%) e Ucrânia (2%). O relatório da AVG também conclui que a língua inglesa é a mais usada em mensagens de spam. Cerca de 70% das mensagens enviadas no último trimestre foram escritas em inglês. O português foi detectado em 2,27% das mensagens. A empresa também afirma que os usuários devem ficar atentos aos crimes nos celulares, que usam mensagens de texto para enganar as pessoas.

A AVG observa que nenhuma plataforma móvel é absolutamente segura. Mas enfatiza que, o maior alvo dos criminosos atualmente é o sistema operacional do Google, o Android. Esse sistema vem crescendo fortemenete e permite que o usuário instale programas de diversas lojas de aplicativos. Estes dois fatores contribuem para que os criminosos tenham mais interesse nesta plataforma. 

Outros campos explorados pelos hackers são jogos que usam “moedas virtuais”, como o sistema de créditos do Facebook. De acrodo com a AVG, em junho, foi roubada uma carteira virtual contendo perto de US$ 500 mil (R$ 872 mil) após a invasão do computador de um internauta. Segundo a empresa, quando o valor roubado é pequeno, as vítimas não percebem.

Aplicativos que desbloqueiam jogos pagos, como Angry Birds Rio Unlocker, também podem conter vírus. A AVG constatou que mais de dois milhões de mensagens de texto foram enviadas a partir de pragas desse tipo. De acordo com o diretor da Agência de Segurança Nacional dos Estados Unidos, Keith Alexander, citado no relatório da AVG, o custo global de crimes cibernéticos é cerca de US$ 1 trilhão (R$ 1,74 trilhões).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.