Desenvolvedor achou aparelho mais rápido que o anterior e já testa aplicativo Siri

iPhone 4S leva centenas de pessoas para lojas da Apple em vários países
Getty Images
iPhone 4S leva centenas de pessoas para lojas da Apple em vários países
Disposto a garantir o novo iPhone 4S , no dia do lançamento, o desenvolvedor brasileiro Breno Masi encarou 26 horas de fila na porta da Apple Store , de Toronto, no Canadá, nesta sexta-feira. Antes de enfrentar o que considera a fila mais demorada por um lançamento da Apple, Masi viajou 12 horas de ônibus desde Washington, nos Estados Unidos, onde o smartphone é vendido somente bloqueado pelas operadoras AT&T, Sprint e Verizon.

"Somente no Canadá o smartphone é desbloqueado", conta o desenvolvedor que adquiriu o iPhone 4S por volta das 9h20, no horário de Brasília. Proprietário da empresa de desenvolvimento de aplicativos móveis Fingertips, Masi adquiriu um modelo de 64 Gigabytes (GB) para uso pessoal, por 989 dólares canadenses, com impostos (cerca de R$ 1.680) e outro para a empresa.

"O aparelho é realmente fantástico. Daria para chamá-lo facilmente de iPhone 5", afirmou Masi. Em suas primeiras impressões sobre o aparelho, que manteve o mesmo layout do iPhone 4, o desenvolvedor destacou maior velocidade de acesso a aplicativos, fotos e navegação na internet, bem como o novo sistema de reconhecimento de voz Siri.

"Perguntei ao aparelho qual é a capital do Brasil e ele trouxe uma ficha completa de Brasília", disse. Por enquanto, o usuário brasileiro ainda tem de treinar o sotaque para usar a funcionalidade, que está disponível somente em inglês, francês e alemão. (Daniela Braun | Valor)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.