Thiago Chaves, desenvolvedor da Bahia, ficou 24 horas sem dormir para criar aplicativos

Pela primeira vez na Campus Party , Thiago Colares Chaves, desenvolvedor da startup Apimenti, passou as últimas 24 horas acordado e com apenas uma refeição: uma maçã. “Algumas horas eu olhava para o monitor e me perguntava o que eu tinha escrito ali”, diz Chaves. Todo o esforço foi necessário para desenvolver aplicativos que interagem com música, proposta do Music Hack Day, promovido pela rede social de música SoundCloud pela primeira vez no País. Chaves foi o vencedor da etapa de São Paulo.

Thiago Chaves (segundo da esq. para a dir.) e outros participantes do Music Hack Day
Getty Images
Thiago Chaves (segundo da esq. para a dir.) e outros participantes do Music Hack Day
Em apenas um dia, os desenvolvedores criararam a aplicação e a submeteram ao júri, que incluía Dave Haynes, vice-presidente de desenvolvimento da SoundCloud.

Chaves planejava participar do concurso há meses. “Eu adoro tudo relacionado à música, já tive uma banda e quando soube que o concurso ia acontecer, já sabia que tinha que participar”, disse o desenvolvedor ao iG . Como prêmio, Chaves ganhou uma viagem para São Francisco (EUA).

Dois aplicativos em menos de 24 horas

Chaves venceu o concurso, pois conseguiu desenvolver dois aplicativos baseados em web em menos de 24 horas. Os dois funcionam integrados ao Last.fm, site de streaming de música pela web. O primeiro aplicativo analisa todo o histórico de músicas escutadas na Last.fm e compara com o banco de dados do site para definir se o usuário é pop ou hipster.

O segundo aplicativo, chamado My Wonderland, busca os países em que as bandas favoritas do usuário da Last.fm mais fazem shows e indicam qual seria o lugar perfeito para um fã daquela banda morar. “O aplicativo analisa o histórico de shows nos últimos dois anos e dos próximos dois anos para indicar qual será o local perfeito”, explica Chaves, que é sócio de uma startup em Salvador (BA), chamada Apimenti. “Ainda nem acredito que ganhei”, diz Chaves.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.