Celular não tem acesso à internet e GPS

Celular de ouro está à venda em Moscou
Reprodução
Celular de ouro está à venda em Moscou
Por Guilherme Abati

A Aesis, uma produtora de luxuosos itens de consumo, está vendendo celulares feitos de ouro maciço para os ultra-milionários russos.

Segundo o The Inquirer , a empresa está buscando atingir a elite da Rússia com o aparelho móvel extravagante. Mas o bilionário brasileiro que, ao ler essa nota, sintir-se impelido a compra, provavelmente, não enfrentará dificuldades para garantir o seu, já que altas somas de dinheiro são aceitas rapidamente em qualquer lugar do mundo.

O dispositivo móvel chama-se Æ+Y e passou por cerca de três anos de desenvolvimento. Há um pequano problema com ele: o celular não tem GPS . E tem outros problemas: não tem acesso à internet e não tem câmera. Bom, mas é ouro 18 quilates.

O preço do celular é 42 mil euros (aproximadamente R$ 99 mil), de acordo com o fundador da empresa, Thomas Jensen. Uma versão de aço-inoxidável está à venda por 7.250 euros (R$ 17 mil).

“Moscou está se tornando uma cidade em expansão de arte contemporânea. A princípio as pessoas aqui só tinham dinheiro, mas agora eles têm estilo. acrescentou Mathias Rajani, diretor comercial da Aesir.

O aparelho está disponível desbloqueado e funciona em redes GSM 850/900/1800/1900. A versão de ouro pesa 250g e tem ringtones feitos sob medida.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.