Empresa realizou promoções do Windows Phone em conjunto com fabricante finlandesa

O estande da Microsoft na CES 2012 se manteve lotado nos primeiros dias da feira. Mais do que ver os produtos, que incluem o Windows 8 (que deve chegar no final do ano) e os aparelhos com Windows Phone de diversos fabricantes, os visitantes querem mesmo é estar no estande da Microsoft pela última vez, já que a empresa anunciou que este ano encerra sua participação na CES .

LEIA TAMBÉM:
Fotos: Sucessos e fracassos da Microsoft na CES

Isso significa também que, pela primeira vez em mais de uma década, um executivo da Microsoft não discursará durante a abertura do evento, em Las Vegas (EUA). No total, a CES já teve 11 discursos de Bill Gates, fundador da Microsoft, e depois de sua saída, mais quatro discursos de Steve Ballmer. Neste período, a Microsoft adiantou as principais novidades a serem lançadas durante o ano. A atenção ao discurso também ajudou a atrair outros importantes expositores, o que fez a CES quase dobrar de tamanho desde 1995.

Estande da Microsoft: última participação na feira promove Xbox, Windows 8 e Windows Phone
Getty Images
Estande da Microsoft: última participação na feira promove Xbox, Windows 8 e Windows Phone

Sobre a saída da maior feira de tecnologia do mundo, a Microsoft afirmou em comunicado que, devido ao seu tamanho e variedade de produtos, é difícil conciliar seus lançamentos com as datas CES. Com o descompasso, a falta de novidades concretas fica clara no discurso morno de Ballmer durante o evento . Em 2012, quando todos queriam ouvir mais detalhes sobre o Windows 8, nova versão do sistema operacional da Microsoft para PCs (e tablets), o que receberam foi uma demonstração rápida de muitos recursos já conhecidos e anunciados.

Quais produtos/tecnologias mais chamam atenção na CES 2012? Comente no fórum.

No grande estande da Microsoft, a empresa promoveu a interface Metro, que com a chegada do Windows 8 estará presente em todos os principais produtos, como Xbox e Windows Phone. “Estou muito otimista com o Windows Phone, porque representa uma maneira diferente e melhor de acessar redes sociais, e-mail e web no smartphone”, disse Ballmer, durante a abertura da CES, na última terça-feira (10).

O Windows Phone ganhou especial atenção da empresa, com uma bancada com os últimos modelos lançados com a plataforma, de marcas como HTC, Samsung e LG. Os aparelhos da Nokia também estavam presentes e muitos visitantes puderam testar o Lumia 800 e o Lumia 710. A grande novidade do evento com Windows Phone, o Lumia 900 , não estava no estande da Microsoft.

Microsoft leva visitantes para Nokia

Ao perguntar para os promotores do estande da Microsoft sobre o Lumia 900, a resposta é clara: “Você precisa ir ao estande da Nokia para ver este aparelho”. Em seguida, os promotores propõem ao visitante que, se ele visitar o estande da Nokia e depois voltar ao da Microsoft, receberá carimbos em um cartão promocional e concorrerá a smartphones com Windows Phone. Como o estande da Nokia estava fora do pavilhão principal, a Microsoft faz o possível para direcionar os visitantes para sua parceria mais importante.

Estande da Nokia: forte aposta no Windows Phone
ig
Estande da Nokia: forte aposta no Windows Phone

Outro impulso para a Nokia foi a participação do CEO da Microsoft em sua coletiva de imprensa, horas antes do início da abertura da CES. Nesta coletiva, o Lumia 900 foi anunciado nos Estados Unidos , mercado em que a Nokia tem pouca participação. “O Windows Phone representa um novo começo da Nokia no mercado americano”, disse o CEO da Nokia, durante evento pré-CES.

A Nokia demorou cerca de três anos para anunciar sua nova estratégia para o mercado de smartphones, que decolou com o lançamento do iPhone, em 2007. Apesar disso, a empresa têm sido ágil para lançar aparelhos com Windows Phone. Em quase um ano desde que a Nokia anunciou a parceria com a Microsoft, a empresa já lançou três smartphones.

Lumia 900: longe das mãos dos visitantes
ig
Lumia 900: longe das mãos dos visitantes
Lumia 900 protegido por caixa de vidro

Na CES 2012, no entanto, muitos dos visitantes direcionados pela gigante Microsoft para o estande da Nokia, se decepcionam ao chegar. O Lumia 900, motivo do interesse da maior parte deles, é exibido em poucas bancadas do estande, mas está lacrado dentro de uma caixa transparente, de onde não pode ser retirado.

Alguns promotores da Nokia, os mais experientes, receberam um Lumia 900 para demonstrar aos visitantes. Quando as pessoas pedem para segurar o aparelho, a resposta é clara: “Não posso deixar que segure o aparelho”.

O motivo, porém, não está claro. “Não sabemos por que não podemos deixar os visitantes manusearem o aparelho”, disse um dos promotores ao iG . Apesar da proibição no estande, a Nokia fez um bom trabalho ao se reapresentar para o mercado americano como uma fabricante apenas de smartphones de ponta. E a ausência de aparelhos mais recentes com o sistema Symbian e do N9 (que roda MeeGo) reforça a posição da empresa em apostar todas as suas fichas no Windows Phone.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.