Microblogs estão entre as categorias que mais crescem no país

A China, o maior mercado de internet do mundo e também um dos mais limitados pela censura oficial, alcançou os 505 milhões de internautas no fim de 2011, dos quais 303 milhões são, além disso, usuários de microblogs, informou nesta quarta-feira o Centro de Informação da Internet na China.

Os números mostram que no fim de novembro 37% da população do país mais povoado do planeta tinha acesso à internet, 3,4 pontos percentuais a mais do que em 2010. Os microblogs continuam sendo um dos setores que mais cresce na China, onde serviços como o Twitter são bloqueados.

Este tipo de publicação passou de 195 milhões em junho de 2011 para 300 milhões meio ano depois. Para muito chineses, a internet é um meio de comunicação confiável, acima dos tradicionais, em sua maioria, controlados pelo regime comunista. Apesar da censura, a rede se tornou no país um dos principais canais para a denúncia de injustiças, a crítica ao Governo e a divulgação de protestos civis.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.