Aparelhos falsos são vendidos por preços a partir de US$ 45 (R$ 80)

Pequim - Embora o iPhone 5 ainda seja uma quimera - nesta semana a Apple apresentou o iPhone 4S -, supostos smartphones de última geração já são vendidos em lojas on-line da China por até 800 euros. Buscando o termo "iPhone 5" no Taobao.com, o site de leilões e vendas pela internet mais popular da China, aparecem centenas de supostos aparelhos deste modelo, por preços que oscilam entre 400 e 800 euros (R$ 711 e R$ 1.423), como pôde comprovar a Agência Efe nesta sexta-feira.

Também em lojas reais podem ser encontrados supostos "iPhone 5", o que levou a Polícia da cidade de Fuzhou, no leste do país, a apreender 61 aparelhos deste tipo em um estabelecimento comercial, segundo informou a agência oficial "Xinhua".

Os smartphones de última geração apresentavam novidades como a possibilidade de usar dois cartões ao mesmo tempo e navegação GPS, e eram vendidos a um preço muito menor que nas lojas on-line: apenas US$ 45 (R$ 80).

O vendedor do estabelecimento onde foram confiscados os "iPhone 5" assegurou que os aparelhos procediam de Shenzhen, cidade onde estão as fábricas de montagem de vários produtos da Apple (fabricados por sua sócia taiuanesa Foxconn). As criações da Apple são muito populares na China, onde nesta quinta-feira centenas de pessoas deixaram flores em lojas da companhia como forma de homenagear Steve Jobs.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.