Produtor de mamão e polpa de tomate de Cingapura havia comprado um domínio .xxx para proteger os interesses de sua pequena empresa

Por Guilherme Abati

Os domínios .xxx passaram por um penoso caminho até alcançar a aprovação, em março desse ano. Porém, em Cingapura, onde o uso da Internet é fortemente monitorado e restrito, tal aprovação parece não significar nada.

Jiaming Sim, um cidadão cingapuriano, dono de uma pequena empresa local, registrou a empresa em um domínio .xxx para defender-se de abusos depois que os domínios foram liberados no país. Quatro horas após a realização do registo, Sim encontrava-se atrás das grades, depois de ter sido preso pela polícia do país.

Sim, um produtor de mamão e polpa de tomate, havia comprado o domínio xxx apenas para proteger os interesses de sua pequena empresa. De acordo com seu advogado, Pnob Chang, Sim comprou sim o domínio, para que nenhum concorrente pudesse postar conteúdo vulgar com o nome de sua empresa.

Chang disse que a polícia de Cingapura é extremamente rigorosa e e que o monitoramento de sites adultos é pratica comum. Sim foi preso por uma “força policial considerável”, que entrou em seu apartamento e confiscou seu computador, além de quebrar-lhe um par de dentes e quatro costelas, disse o advogado, de acordo com o site DomainGang

Segundo o site americano Geek.com , Sim está sendo mantido em uma prisão de segurança máxima em Bukit Panjan, e Chang disse que vai apresentar uma petição para liberar Sim nas próximas semanas.

Países como China e Índia bloqueiam ou restringem o acesso aos domínios. Xxx, e muitos grupos religiosos nos EUA fizeram lobby contra a criação de um domínio de conteúdo adulto.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.