Robert Morris foi um dos criadores da base de importantes sistemas operacionais, como o iOS e Android


Por Daniel Pavani

Morreu no último domingo, na cidade de Lebanon, nos Estados Unidos, Robert Morris (78), um dos principais contribuidores para o desenvolvimento do Unix, a base de importantes sistemas operacionais da computação moderna.



O site do jornal The New York Times conta que Morris começou a trabalhar com o Unix nos Laboratórios Bell, da AT&T, no início dos anos 1970, e foi o principal contribuidor para o desenvolvimento da linguagem matemática do sistema. Para se ter uma ideia da importância do sistema Unix, ele é a base da computação moderna, sendo o centro de sistemas como o Linux e o Mac OSX , além de sistemas operacionais móveis, como o iOS, da Apple, e o Android, da Google..

Outros fatos interessantes da vida estão relacionados com o governo dos Estados Unidos e com seu filho. No final dos anos 70, ele havia escrito um artigo com um colega, sobre criptografia, mas recebeu um pedido da NSA (National Security Agency) para que não publicasse o trabalho, alegando que seria um risco à segurança dos sistemas de criptografia da época.

Em 1988, seu filho ficou famoso por desenvolver um dos primeiros worms capazes de se distribuir pelos computadores ligados por uma incipiente internet. Morris acabou convencendo seu filho a se entregar ao FBI , que o condenou a uma pena leve, uma multa de U$ 10 mil (cerca de R$ 15 mil) e trabalhos comunitários.

O NY Times lembra também que Morris também era considerado um dos primeiros cibercombatentes, tendo um importante papel nos meses que precederam a Primeira Guerra do Golfo contra Sadam Hussein, em 1991.

Siga o iG Tecnologia no Twitter Siga o iG Tecnologia no Twitter

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.