Em palestra em São Paulo, diretor de engenharia da empresa afirma que rede social continuará a ganhar novos recursos

O Google continuará a investir em novos recursos para o Orkut, mesmo com a forte concorrência do Facebook no Brasil e o surgimento da nova rede social Google+. Durante o Google Developer Conference, evento realizado em São Paulo (SP), James Whittaker, diretor de engenharia da empresa, afirmou que a rede social continuará a ganhar novos recursos.

"O Google+ e o Orkut continuarão a ser produtos separados, cada um com uma equipe independente de engenheiros. Mas essas equipes estão sempre em contato e podem se beneficiar de inovações criadas pelo time da outro projeto", disse Whittaker. Segundo o executivo, o Orkut ainda tem uma grande base de usuários, que não será abandonada pelo Google.

O futuro do Orkut é debatido por analistas da área de tecnologia já há algum tempo, desde quando o Facebook começou a avançar em mercados como Índia e Brasil. O Facebook passou recentemente o Orkut no Brasil em números de usuários únicos a partir de residências e locais de trabalho.

A importância da rede social dentro do Google também foi questionada quando a empresa lançou o Google+ , uma iniciativa social muito similar ao Facebook. A nova iniciativa social do Google ainda está em fase de testes, e apenas quem tem convite pode usar o serviço.

Mais de 500 mil Androids ativados por dia

Em sua palestra, Whitaker também aproveitou para divulgar números recentes do Android. Em julho deste ano, o Google ativava 550 mil aparelhos com o sistema diariamente. É quase o dobro do número de dezembro de 2010, quando eram ativados 300 mil aparelhos diariamente.

    Leia tudo sobre: facebook
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.