Empresa processou a empresa Proview Technology, que registrou a marca iPad antes da Apple, no ano 2000

Hong Kong - Uma corte no sul da China rejeitou um processo da Apple acusando uma companhia chinesa de tecnologia de infringir sua marca registrada iPad, informou um jornal nesta terça-feira. A corte, na cidade de Shenzhen, não aceitou o processo movido pela Apple contra a Proview Technology (Shenzhen).

A Proview, segundo o tribunal, registrou a marca iPad legalmente em 2000 para produtos em diversos países, incluindo a China, relatou o jornal Southern Metropolis Daily, citando documentos da corte. A Apple desenvolveu seu tablet iPad anos depois disso.

O jornal Caixin Online havia dito em outubro que a Proview também estava movendo um processo, buscando 1,5 bilhão de dólares em compensação por a Apple ter infringido sua marca. A Apple, a Proview Technology (Shenzhen) e a corte de Shenzhen não estavam imediatamente disponíveis para comentários quando procuradas pela Reuters.

(Por Twinnie Siu em Hong Kong e Melanie Lee em Xangai)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.