De acordo com engenheiro-chefe da nova rede social, o crescimento do Google+ se dará de maneira segura e gradual


Por Guilherme Abati

Nos primeiros dias de vida do Google+, a Google limitou o cadastro individual de usuários, frustrando muitas pessoas curiosas para conhecer o lançamento. Na última noite, porém, de acordo com o site CNET , foi permitido que por um breve período os usuários já cadastrados no Google+ convidassem livremente amigos para fazer parte da nova rede social.

Siga o iG Tecnologia no Twitter Siga o iG Tecnologia no Twitter


Dave Besbris, o engenheiro-chefe do Google+, afirmou em um post no próprio Google+ que é chegada a hora da rede social começar a se expandir: As coisas vão bem com o sistema. Estamos nos sentindo confortáveis para abrir os convites por um breve período.

Besbris discorreu, ainda durante seu post , sobre outras questões envolvendo a grande aposta da Google: Enquanto o Google+ cresce, precisamos garantir que as coisas funcionem bem e de maneira rápida, sem apresentar problemas.

É normal imaginar que a maneira mais rápida de fazer uma rede social crescer é convidando um enorme contingente de usuários de uma só vez, mas para Bresbis é necessário primeiro que a infraestrutura da rede seja rápida e confiável e que os possíveis bugs sejam concertados e prevenidos enquanto ainda não é grande o número de usuários.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.