Periféricos com Bluetooth são principal opção para dar mais versatilidade a tablets

Notebook ou tablet? Essa escolha parecia simples até o fim do ano passado, com a chegada do WIndows 8 e, com ele, vários aparelho híbridos, que misturam características dois dois produtos. Mas quem não tem um desses híbridos nem pretende comprar um pode transformar seu tablet em notebook com a ajuda de alguns acessórios.

Atualmente, diversos fabricantes oferecem soluções para ampliar as funcionalidades dos tablets. Há ainda acessórios universais, fabricados por emrpresas especializadas e compatíveis com produtos de vários fabricantes. Veja alguns deles.

Teclado e mouse

Existem teclados destacáveis que acompanham certos modelos de tablets ou são vendidos como acessórios. Esse é o caso, por exemplo, da linha Transformer, da Asus, e do Surface , da Microsoft. Esses teclados, porém, só são compatíveis com os modelos de tablets do próprio fabricante.

Capa C5 - vem com teclado Bluetooth
Divulgação
Capa C5 - vem com teclado Bluetooth

Para os tablets que não têm acessórios específicos, a melhor saída são os teclados e mouses Bluetooth. Esta tecnologia sem fio deixa livre a porta USB (muitos tablets nem têm essa porta, outros têm apenas uma). Assim, o usuário não terá problema quando resolver conectar um pendrive ou hd externo compatível.

Outra boa opção são os combos de mouse e teclado Bluetooth (por exemplo, Rii Promini RT- MWK02 - R$ 150) ou as capas genéricas com teclados Bluetooth embutidos (Capa C5 - R$ 90). Para quem tem iPad e quer manter o mesmo design, a Logitech oferece o teclado Zagg com capa de alumínio (R$ 150).

Conexões com telas maiores

Para quem pretende usar por muito tempo seu tablet, pode ser uma boa opção conectá-lo a um monitor ou TV de LCD. Navegar na internet ou assistir a filmes em telas maiores é uma experiência muito mais agradável em telas maiores.

Muitos tablets modernos vêm com saídas de vídeo digital (HDMI) e com a tecnologia DLNA, de transmissão sem fio de imagens.

Assim, basta comprar um cabo mini-HDMI numa das pontas e, na outra, HDMI para TVs ou DVI para monitores. No caso do iPad, o conector de saída de vídeo é específico da marca e utiliza um cabo próprio. E se sua TV também tiver a tecnologia DLNA, basta configurar a conexão com o tablet, para que as imagens sejam transmitidas sem a necessidade de cabos.

Som

Há um consenso entre os usuários de tablets quanto a baixa qualidade de seus alto-falantes. Alguns poucos modelos, como o Motorola Xoom 2 Media Edition, oferecem algo um pouco melhor com 3 caixas integradas. Mesmo assim, deixam a desejar na hora de reproduzir músicas e filmes em bom e alto som.

Veja também: Dicas para escolher caixas de som para seu notebook

Para resolver este problema, existem alto-falantes portáteis externos mais potentes e de melhor qualidade. As melhores opções são os com conexão bluetooth ou que se conectam por meio do conector de fone de ouvido do tablet. Existem também modelos com conexão USB, mas no caso dos tablets é melhor evitar, já que eles costumam ter somente uma porta USB. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.