Serviços gratuitos informam a velocidade real da banda larga

Nesta semana, a Anatel iniciou a medição da velocidade das conexões de banda larga na cidade do Rio de Janeiro . Essa medição é feita com equipamentos ligados às redes dos provedores e tem como objetivo garantir que a velocidade contratada pelo usuário está sendo fornecida.

Mas quem tem uma conexão de banda larga não precisa esperar pela Anatel para medir sua velocidade da internet. Alguns serviços disponíveis na própria rede medem a velocidade da conexão. É necessário apenas tomar duas providências antes de medir a conexão.

1 - Usar Conexão por cabo

A primeira providência é conectar o computador em que a medição será feita diretamente ao roteador de banda larga, por meio de um cabo de rede. Nunca use um computador que acessa a internet por meio de conexão Wi-Fi para medir a velocidade da banda larga. Principalmente no caso de conexões mais rápidas (20 Mbps ou superiores), a velocidade real da rede sem fio pode ser menor do que a da conexão de banda larga, prejudicando a medição.

2 - Fechar aplicativos de internet

A segunda providência é fechar todos os aplicativos que usam dados da internet antes de fazer a medição. Páginas com texto e imagens não costumam interferir nos resultados, mas sites com vídeo e aplicativos de BitTorrent podem alterar bastante a medição. Se houver outros computadores compartilhando a conexão, é necessário se certificar de que nenhum deles está fazendo uso intensivo da banda larga.

Simet mede velocidade da banda larga
Reprodução
Simet mede velocidade da banda larga

Medição

Tomadas essas duas providências, basta acessar um dos vários sites de medição de conexão para conferir a velocidade da conexão.

Um serviço recomendado pela Anatel para medir a velocidade da banda larga está no site Brasil Banda Larga .

Outros dois serviços similares são o Speedtest.net e o Simet , criado pelo Nic.br, órgão que gerencia aspectos técnicos da internet brasileira.

O Speedtest possui aplicativos para iPhone e Android, permitindo também medir a velocidade da banda larga móvel.

Já o Simet tem apenas versão para desktops, mas permite comparar a velocidade da conexão com a de pessoas em outras regiões do Brasil.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.