Garotas do clube de remo da Universidade de Warwick pretendiam arrecadar verba para o Macmillan Câncer

Participantes da ação temem pelas vendas do próximo ano
Reprodução
Participantes da ação temem pelas vendas do próximo ano

Na onda dos calendários sensuais, jovens do clube de remo da Universidade de Warwick resolveram posar nuas por uma causa nobre – a luta contra o câncer. A tentativa das atletas poderia ter sido ainda mais eficiente, não fosse a censura do Facebook, informa o Daily Mail .

Leia mais: Facebook é criticado por usar feed para fazer experimento psicológico

Dezessete meninas do clube de remo decidiram tirar a roupa para fotografias que ilustram o calendário, que vendeu 1,5 mil cópias. No total foram arrecadas £ 3,4 mil para o Macmillan Câncer Suport. No entanto, o perfil das garotas foi cancelado por distribuir conteúdo “explicitamente sexual”;

A organizadora Sophie Bell criticou o Facebook e agora teme pelos resultados da iniciativa de 2015, que previa um novo calendário com nudez. “Somos estudantes, então não temos uma verba para marketing. Por isso usamos a mídia social como nosso principal meio de propaganda”, comenta. “O calendário dos rapazes não foi deletado e suas páginas são similares às nossas. Em última instância, é sexismo.”

Apesar dos incontáveis e-mails enviados à organização do Facebook, as meninas ainda não tiveram respostas.


    Leia tudo sobre: facebook
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.