Programas de virtualização permitem usar vários sistemas na mesma máquina

Para a maioria dos usuários, um sistema operacional é suficiente. Mas rodar mais de um sistema na mesma máquina pode ser interessante para quem tem curiosidade em conhecer um novo sistema ou necessidade de rodar um programa específico.

A forma mais fácil de fazer isso é por meio de virtualização. Com ele, é possível rodar um outro sistema “por cima” do sistema nativo da máquina. Para fazer isso, é necessário instalar um programa de virtualização. É nesse programa (ou seja, dentro de uma máquina virtual) que roda o segundo sistema.

As vantagens deste método é que ele compartilha todos os recursos do micro (memória, teclado, mouse e outros). E assim que a máquina virtual é encerrada, o controle e os recursos voltam para o sistema operacional principal. A desvantagem é a necessidade de um computador de alta performance para que não ocorram engasgos, já que dois sistemas operacionais precisam rodar ao mesmo tempo.

No ambiente corporativo a virtualização é muito usada por desenvolvedores que necessitam testar seus aplicativos em diferentes sistemas operacionais. Já no âmbito doméstico, serve para rodar programas que não são compatíveis com o sistema operacional principal (ex.: jogos ou programas de controle financeiro antigos). Veja abaixo três softwares de virtualização.

VirtualBox

Uma das vantagens do VirtualBox é ser fornecido em versões para Windows, Linux e Mac. A Sun Microsystems, desenvolvedora desta máquina virtual, fez um grande trabalho em termos de compartilhamento de recursos de hardware.

Baixe o VirtualBox no Superdownloads

A troca de arquivos entre os sistemas operacionais também é feita de maneira satisfatória. E a instalação do sistema operacional secundário poder ser feita a partir do CD-ROM ou arquivo ISO. Os pontos fracos são que sua instalação é um pouco complicada e sua interface não é tão intuitiva como de alguns concorrentes.

Vmware Player

O consagrado Vmware Workstation possui uma versão gratuita para Linux ou Windows chamada Vmware Player. O foco dela é o publico doméstico que não tem a necessidade de recursos avançados de virtualização. Para usuários que pretendem rodar o Windows em seus Macs o desenvolvedor oferece uma máquina virtual paga, o Vmware Fusion.

Baixe o VMware Player no Superdownloads

O Vmware Player só peca por não vir com diversos recursos disponíveis por padrão. Para utilizá-los é necessária a instalação do Vmware Tools. Em contrapartida, existe há possibilidade de criação de vários "micros virtuais" ao mesmo tempo. A escolha de qual sistema operacional deve ser inicializado é feita de forma fácil no menu inicial.

Windows Virtual PC

Quando comparado aos concorrentes, o Windows Virtual PC deixa muito a desejar. Isto porque na verdade ele somente virtualiza o sistema Windows XP. E só pode ser instalado em computadores com Windows 7 Professional, Enterprise ou Ultimate. Mas para quem precisa rodar de forma fácil e rápida algum programa exclusivo para Windows XP é uma ótima opção. Ele pode ser útil também para programas que demonstrem certa incompatibilidade com o Windows 7.

Baixe o Windows Virtual PC no Superdownloads

Entre os recursos destacam-se a possibilidade de arrastar arquivos e copiar/colar a área de transferência entre cada um dos sistemas operacionais. Também vale ressaltar a existência do recurso de redirecionamento da impressora para a máquina virtual.

    Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.